no comments

Ouvidoria apresenta balanço

A Ouvidoria da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul registrou, no ano de 2010, 215 atendimentos. Os números constam do relatório produzido pela chefe do departamento, Ana Paula Perotti, entregue nesta quinta-feira, 27, ao presidente da Casa, Jaime Negherbon.
O canal de comunicação mais utilizado pela maioria dos usuários é o telefone, representando 69% dos contatos feitos através do 0800, número gratuito e exclusivo do setor.
A internet aparece como o segundo meio mais utilizado – 26%. O acesso é feito através do site da Câmara. O serviço também foi solicitado pessoalmente por 4% dos usuários, em visita à Casa, e 1% através do e-mail da Ouvidoria.
Direcionada ao gabinete dos vereadores, foram 61 demandas, entre reclamações, sugestões, denúncias e pedidos de informações. Ao setor Jurídico foram cinco encaminhamentos. Já a Presidência da Casa motivou três contatos, e o Suporte Legislativo e a Comunicação Social, um cada.
Em relação à Prefeitura, os atendimentos totalizaram 108, entre reclamações, sugestões, denúncias e pedidos de informação. A maioria dos contatos, informa a chefe da Ouvidoria, abordam situações que dizem respeito diretamente a vida dos cidadãos, como obras, saúde e educação. “Dá para perceber que a comunidade está atenta e participativa em relação a atuação do poder público”, destaca Ana Paula.
Ela lembra que o setor obedece a alguns critérios no registro do atendimento, como a exigência de CPF, por isso o número de contatos feitos é maior que o oficial. O nome, porém, é mantido em sigilo. Para Ana Paula, o setor vem cumprindo seu papel de promover a cidadania e a democracia, dando a resposta rápida que a comunidade exige. O prazo para as respostas é de cinco dias úteis.
A Ouvidoria é uma iniciativa da atual legislatura, criada por meio de resolução, em agosto de 2009.