no comments

HOMENAGEM AO BB PROVOCA VIAGEM NO TEMPO

[img align=left]http://www.jaraguadosul.sc.leg.br/uploads/thumbs/c8663d28-1842-23d6.jpg[/img]
[img align=left]http://www.jaraguadosul.sc.leg.br/uploads/thumbs/c8663d28-1821-1163.jpg[/img]

Uma verdadeira viagem no tempo. Se não há centenas de anos, pelo menos há cinco décadas. Num tempo em que Jaraguá do Sul tinha 25 mil habitantes – 12,5 mil moradores da área ruas e 12,5 mil moradores da área urbana. Um tempo em que um dos momentos de maior confraternização comunitária era quando os moradores esperavam os sábados pela manhã para ver os noivos chegarem de charrete em frente à antiga Foto Loss para registrarem em fotos o casamento.
“Era um momento muito bonito”, contou emocionado o primeiro funcionário do Banco do Brasil de Jaraguá do Sul, o hoje vice-presidente do Conselho de Administração da Weg, Gerd Edgar Baumer, lembrando que naquela época o banco abria aos sábados pela manhã. E depois do expediente, os jovens funcionários iam confraternizar com as famílias dos noivos, enquanto trocavam olhares com as mocinhas da região.
“Vocês não sabem o que é um momento como este. A memória voa”, disse Baumer ao saber que foi escolhido pela gerência local do Banco do Brasil para ser homenageado em nome de todos os funcionários que passaram e ainda trabalham na agência local. E dividiu com os demais ex-colegas, que lotaram o plenário da Câmara de Vereadores na sessão de quinta-feira (23 de abril), esta distinção. A sessão solene, proposta pela vereadora Natália Lúcia Petry (PSB), marcou a passagem dos 50 anos de instalação do Banco do Brasil em Jaraguá do Sul e os 200 anos de fundação.
O homenageado recordou do pequeno grupo de funcionários que começou a trabalhar na cidade e a trajetória de grandes empresas, que ele mesmo estimulou a crescer oferecendo empréstimos e desafios “a um grupo de empreendedores cautelosos e confiáveis”.
Também emocionados estavam o superintendente José Carlos Reis da Silva e o gerente Silvo Ferri. Silvo recordou os momentos mais importantes do banco ao longo de 200 anos, um feito que poucas instituições podem se vangloriar de ter. Lembrou dos mais de 30 milhões de clientes em 4.601 agências espalhadas pelo País, das quais três em Jaraguá do Sul, agora somando cinco com as incorporações de duas agências do Besc desde o dia 18.
E concluiu destacando que o BB é responsável por 20,3% de todo o crédito bancário de Jaraguá do Sul e uma frase de livreto editado em 1969, em comemoração aos dez anos da agência jaraguaense, e que continua mais do que atual: “Nós queremos continuar participando do progresso e da prosperidade da região”

Jornalista responsável: Rosana Ritta – Registro profissional: SC 491/JP