no comments

BANANICULTORES DECIDEM INVESTIR R$ 40 MIL EM ADUBO

[img align=left]http://www.jaraguadosul.sc.leg.br/uploads/thumbs/c8663d9c-eccd-979b.jpg[/img]

A Associação dos Bananicultores de Jaraguá do Sul (Abajas) já concluiu a entrega de 900 sacos de 50 kg de adubo para 129 produtores associados. O adubo foi comprado com os R$ 40 mil doados pelo município. Este dinheiro é parte de recursos dos quais a Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul abriu mão em favor de determinadas entidades, e acabaram beneficiando diretamente os bananicultores.
Ainda na semana passada, o presidente da Câmara, Jean Leutprecht (PC do B), acompanhou a entrega de 10 sacos na propriedade do bananicultor Ingo Draeger. O presidente da Abajas, Wilmar Erschinger, explicou que a associação teve a preocupação de administrar o dinheiro público com transparência e está bastante satisfeito com o resultado.
Ele disse que quando o repasse foi aprovado pela Câmara, a associação convocou uma assembléia com os 166 associados para discutir de que forma seria utilizado este dinheiro. Depois de definida a compra do adubo, a assembleia definiu que todo o sócio com todas as contas do ano passado e metade deste ano em dia teriam direito a receber sua cota.
A quantia que caberia a cada associado foi definida de acordo com o número de pés de banana de cada propriedade, sendo definido que cada mil pés corresponderia a um saco de 50 kg. “Estabelecemos 5 gramas de adubo por pé”, explica Erschinger.
O presidente da associação explica que todo o dinheiro foi investido no adubo entregue diretamente em cada propriedade. “Compramos três cargas de 300 sacos da Fecoagro, o limite máximo para transporte, pagando em média R$ 45,00 o saco”. Erschinger diz que na compra volumosa foi possível eliminar os atravessadores, que vendiam a mais de R$ 60,00 a saca.
Ele agora está finalizando os detalhes para entregar a prestação de contas na Prefeitura e deixar tudo em dia. “Acharam que era uma promessa que não frutificaria, mas deu tudo certo. Quando se tem oportunidade tem que trabalhar na maior transparência possível”, observa.
Apesar de todas as dificuldades que os produtores rurais enfrentaram no último ano, com as perdas e prejuízos provocados pelas enchentes e deslizamentos, Erschinger diz que pode considerar que o ano foi bom para os bananicultores, que além de terem recebido o adubo também receberão uma área para construção da sede da Abajas. Projeto neste sentido já foi aprovado pela Câmara.
O presidente da Abajas diz que já havia conversado com os vereadores Jean e Amarildo Sarti (PV), falando sobre seu plano de ter uma sede e uma casa de beneficiamento e embalagem de banana, para vender no sistema de cooperativismo. E agora este sonho está prestes a ser realizado. “Desta forma, conseguiremos trabalhar direcionando as vendas e conquistando bons clientes, pois o produtor não tem conhecimento de venda e precisa desta orientação”, observa.
A Câmara de Vereadores abriu mão de R$ 200 mil de seu orçamento neste ano para que o município pudesse fazer o repasse para entidades ligadas aos produtores rurais. Na foto que marca o início oficial da entrega, na semana passada, estão o presidente da Câmara, Jean Leutprecht, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jaraguá do Sul, Edgar Hornburg, o bananicultor Ingo Draeger, o diretor de Agricultura da Prefeitura, Rudolfo Guesser, e Wilmar Erschinger.

Jornalista responsável: Rosana Ritta – Registro profissional: SC 491/JP