no comments

Garcia lembra passagem do Dia do Vereador no dia 1º

DSC05776O vereador Pedro Garcia destacou na sessão desta terça-feira, 1º de outubro, a passagem do Dia do Vereador, comemorado na data, conforme estabelece o artigo 219 da Lei Orgânica do Município.

“Mais que comemorar e trocar saudações esta é também uma data para se refletir sobre o verdadeiro papel do vereador na sociedade. Ele é o elo entre a população e o Poder Legislativo. Reconhecido o “espelho da comunidade” e o ponto de referência dos anseios populares, o vereador atual tem, na verdade, uma responsabilidade social muito grande, que vai além da função de fazer leis e fiscalizar os atos do Executivo”, discursou o vereador.

Pedro Garcia comentou que, por estar mais presente na comunidade, em contato direto com a população, é o vereador quem recebe diariamente toda a carga de reclamações e de pedidos diversos. “É ele que tem que ouvir as críticas e elogios e, na medida do possível, atender o eleitor e/ou encaminhar a demanda aos órgãos competentes”, comentou.

Ele disse ainda que, ao mesmo tempo em que confere certo status pelo convívio com personalidades e autoridades, o cargo eletivo exige sacrifícios. “A ausência do lar e da família muitas vezes em função dos compromissos legislativos ou mesmo o distanciamento quase que diário da família por causa das intermináveis reuniões, incontáveis visitas e afazeres pertinentes ao mandato”, relatou.

Para Garcia, a causa do vereador é nobre, exige entrega e doação, e a sociedade merece ter a reciprocidade da confiança depositada. “A resposta que cada vereador pode – e deve dar – é o trabalho, a dedicação e a intervenção sistemática junto aos órgãos competentes, no sentido de que as suas ações possam resultar na melhoria da qualidade de vida dos cidadãos, para o bem de toda a coletividade”, concluiu.