no comments

Câmara autoriza pagamento de honorários a servidores da Procuradoria

O PL nº 235/2019, autorizando o Executivo a abrir crédito adicional no orçamento do Fundo da Procuradoria-Geral do Município (Funprom), passou pelo segundo turno de votação na sessão desta quinta-feira (12). O projeto destina-se ao reforço de crédito especial, no valor de R$ 250,3 mil, a fim de atender despesas com o pagamento dos servidores da Procuradoria Geral do Município, os honorários advocatícios dos procuradores.

O PL foi aprovado, por cinco votos favoráveis (Anderson Kassner, Celestino Klinkoski, Eugênio José Juraszek, Jaime Negherbon e Pedro Anacleto Garcia e quatro contrários (Ademar Braz Winter, Arlindo Rincos, Isair Moser e Jeferson de Oliveira). Jackson José de Avila não votou.