no comments

Homenagem ao Dia da Consciência Negra

DSC00013

A Comissão para Organização de Políticas de Promoção da Igualdade Racial no município, instituída nesse ano, também foi homenageada.

A Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul celebrou na noite de ontem, 19, o Dia da Consciência Negra e de Ação Anti-Racista, comemorado em 20 de novembro. Na ocasião, foram homenageados dois integrantes do Movimento da Consciência Negra do Vale do Itapocu (Moconevi) e a Comissão para Organização de Políticas de Promoção da Igualdade Racial instituída no município nesse ano.

20 de novembro foi a data escolhida para marcar o Dia da Consciência Negra, pois coincide com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. Zumbi foi o último dos líderes do Quilombo dos Palmares, o maior quilombo do período colonial. Ele lutava pela liberdade dos escravos e acolhia aqueles que fugiam de seus senhores. No município, a data é parte da Semana da Consciência Negra e de Ação Anti-Racista, instituída pela Lei Nº 5426, de 2009. A semana prevê, além da homenagem realizada pela Câmara de Vereadores àqueles que mais se destacaram na luta pela igualdade racial, uma série de eventos envolvendo mais de 20 escolas da rede municipal, que seguem até a próxima sexta-feira, dia 22.

Em nossa região, a entidade representativa dos negros que fomenta discussões sobre igualdade racial e propaga as tradições afrodescendentes é o Movimento da Consciência Negra do Vale do Itapocu (Moconevi).  Neste ano, foram homenageados dois jovens que se destacaram pelo seu esforço e dedicação dentro do movimento. Marcio da Silva e Marcelo da Silva são irmãos e músicos. Foram integrantes da banda Beck Samba, que chegou a ganhar o prêmio de melhor banda de Santa Catarina, representando na ocasião a cidade de Imbituba. Atualmente eles integram o coral do Moconevi, sendo responsáveis pela percussão. Eles também dividem seu conhecimento sobre música com outros interessados.

A Comissão para Organização de Políticas de Promoção da Igualdade Racial no município, instituída nesse ano, também foi homenageada. A comissão foi criada como o objetivo de elaborar um Projeto de Lei para a criação do Conselho Municipal de Promoção de Igualdade Racial em Jaraguá do Sul. As discussões acerca do Projeto de Lei que institui o conselho foram concluídas e o texto entregue ao prefeito, Dieter Janssen. A proposta deve ser encaminhada nos próximos dias para apreciação da Câmara Municipal. Integraram a comissão Viviane Domingos e Grasiela Medeiros da Secretaria Municipal da Assistência Social, Criança e Adolescente, Francisco Alves da Secretaria da Habitação e Regularização Fundiária. Do gabinete do prefeito participaram Dileta Kauling e Priscila Medeiros. A comissão contou ainda com a colaboração de Joseane Garcia dos Conselhos Municipais, Suzana Ribeiro do Movimento da Consciência Negra do Vale do Itapocu (Moconevi), Verônica Salgado da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Juarez Gomes da Comunidade Negra de Jaraguá do Sul (Conejas), Antônio Piasson, representando as religiões de matriz africana e Luis Fernando Olegar da Secretária de Educação.

Luis Fernando Olegar, presidente do Moconevi, presidiu os trabalhos da comissão e utilizou a tribuna para agradecer a homenagem e falar sobre a importância da data. “No começo, precisávamos explicar o porquê existíamos e qual era nossa luta. Hoje, felizmente, avançamos em muitos aspectos importantes”, conta. “Esta é uma luta de muitas pessoas. De gente que é atuante, de gente que não faz mais parte do Movimento e de gente que nunca participou oficialmente, mas sempre esteve ao nosso lado”, explica. Olegar falou ainda sobre a nova geração que se dedica às políticas públicas pela igualdade racial e também fez questão de lembrar aqueles que ajudaram a fundar o Movimento e a sustentá-lo durante tantos anos. “Os jovens trazem uma nova energia para essa luta, mas não podemos nos esquecer de quem iniciou essa história. Devemos valorizar os pioneiros e os que chegam agora”, finalizou.

DSC00016

Luis Fernando Olegar, presidente do Moconevi, presidiu os trabalhos da Comissão e utilizou a tribuna para agradecer a homenagem e falar sobre a importância da data.

DSC00003

Neste ano, foram homenageados dois jovens que se destacaram pelo seu esforço e dedicação dentro do movimento. Marcio da Silva e Marcelo da Silva são irmãos e músicos.

Sem respostas