no comments

NOTAS DA CÂMARA 27/|08|2015

 

Notas (2)ÁREA DE CONFLITO

O vereador José Ozório de Ávila (Solidariedade) cobrou na sessão desta quinta-feira (27/08), a execução de área de conflito na cidade. Lembrou que apresentou indicação, juntamente com o vereador Jair Pedri, para que uma área de conflito fosse instalada na saída a Rua José Emmendoerfer, com a João Januário Ayroso. “Fui cobrado por um munícipe que disse que esta solicitação já foi feita há mais de um ano e nada mudou”, disse. O legislador afirmou ainda que conversou com líder de governo, com o secretário de Urbanismo Ronis Bosse e o atendimento aos vereadores não é feito. “Estou novamente pedindo para que se instale esta área de conflito, para que se dê proteção aos munícipes”, encerrou. O vereador Ademar Winter indicou que o edil fale diretamente com o Prefeito, que assim essa situação pode ser resolvida.

 

 

 


Notas (3)FOOD TRUCK

O vereador Jair Pedri retomou na sessão de quinta-feira (27/08), o assunto sobre a realização do festival de food truck, que ocorreu no sábado (22/08), em Jaraguá do Sul. Disse que aguardava as informações solicitadas ao líder de governo, vereador Pedro Garcia sobre o decreto do comércio ambulante e a execução do evento na cidade.  Apresentou fotos das cozinhas adaptadas em automóveis, onde em volta destes equipamento havia sujeira e lixo. Em outra, segundo parlamentar, os objetos que são da cozinha, estavam sendo lavados com uma mangueira, na grama da Arena. “Se isto ocorresse com qualquer estabelecimento alimentício de Jaraguá do Sul, a vigilância sanitária iria interditar”, afirmou. Para Pedri, os participantes do Foode Truck puderam trabalhar a vontade, sem o rigor da fiscalização sanitária da cidade. “Penso que a vigilância sanitária não esteve trabalhando naquele festival, pois se tivesse, este tipo de ocorrência não aconteceria”, garantiu.

 

 


Notas (4)INAUGURAÇÃO

O vereador João Fiamoncini (PT) usou o espaço da Ordem do Dia para enaltecer a inauguração do prédio da educação infantil da Escola Marcos Emílio Verbinnen, no bairro Estrada Nova. A unidade de ensino funcionava anteriormente em uma casa alugada. Os 270 alunos de pré 1, pré 2 e 1º ano tem à disposição uma área construída de 1.082 m2, com ambientes amplos, bem iluminados e arejados. São seis salas de aula, uma secretaria, uma sala de orientação, um playground, cozinha, refeitório e banheiros próprios para os pequenos. O prédio abriga dez turmas de pré e quatro turmas de 1º ano, nos períodos matutino e vespertino. Fiamoncini mais uma vez cobrou a não divulgação de que este recurso, cerca de R$ 1 milhão para ampliação e reforma é proveniente do governo federal. “Mais uma vez o governo federal participa com recursos da obras em Jaraguá do Sul e não foi lembrado”, salientou. João explanou ainda que está buscando as informações corretas sobre o viaduto que dá acesso ao bairro João Pessoa e vai apontar de quem é a falha, se é da empresa ou do governo federal.

 

 

IMG_5302 (Copy)PRESTAÇÃO DE CONTAS

O vereador Pedro Garcia (PMDB), informou na sessão ordinária desta quinta-feira (27/08), que irá realizar prestação de contas de seu mandato. O encontro será na Sociedade Sporte Clube Paraná, na sexta-feira (28/08), 19 horas. O vereador comentou ainda que todos as despesas deste evento estão sendo pagas de forma particular. “Quero aqui deixar claro que em nenhum momento utilizei a estrutura da Câmara de Vereadores ou do gabinete para custear a realização desta reunião, ou qualquer material que produzi. Digo isso, para não deixar dúvidas sobre o trabalho deste vereador”, salientou. Na mesma linha, o vereador Jocimar de Lima (PSDC) utilizou a tribuna para comunicar que as despesas de viagens pelo partido são custeadas por ele. “Somente uma vez, quando fui a Brasília, pela Câmara de Vereadores utilizei a estrutura do gabinete, mas as viagens partidárias, todas são pagas por mim”, finalizou.

 

 

 

Notas (1)CRUZAMENTO

O vereador Jeferson de Oliveira (PSD), usou o espaço da Ordem do Dia, na sessão de quinta-feira (27/08), para pedir providências no cruzamento entre as Ruas Irmão Leandro e Antônio Carlos Ferreira, na Vila Lenzi. Lembrou que cerca de dois anos uma pessoa morreu naquele cruzamento, e que na época foram solicitadas melhorias para dar segurança no trânsito do local, mas até o momento não foram tomadas providências. “Estive na sala do prefeito fazem 29 dias. Ele disse que em 30 dias algo seria feito naquele cruzamento. Amanhã (sexta-feira -28/08), completam os 30 dias programados pelo chefe do executivo. Vamos verificar se algum ação de segurança foi realizada no local”, comunicou. Oliveira disse que se um morro recebeu pintura de sinalização de trânsito, uma via principal também receberá.