no comments

Representante do Conselho Tutelar de Jaraguá do Sul participa de Sessão na Câmara

Representante do Conselho Tutelar de Jaraguá do Sul participa de Sessão na Câmara

Presidente da entidade pede apoio de vereadores para implantação de mais uma unidade do Conselho

 

Participou da Sessão Ordinária desta quarta-feira (28), a Presidente do Conselho Tutelar de Jaraguá do Sul, Aparecida Venceslau Davi. O requerimento foi do vereador Anderson Kassner, com a fim de debater sobre os trabalhos realizados pelo Conselho, bem como apresentar o relatório das atividades realizadas no ano de 2017.

A presidente começou ressaltando os números de atendimentos num comparativo com os últimos três anos (2015, 2016 e 2017).

Em 2017 foram registrados 2.422 atendimentos na sede, novos atendimentos, foram 709, retorno de ocorrência 978, convocação de pessoas 735, ligações telefonias atendidas, mais de 3 mil.

Entre os dados, chama a atenção também os casos de abuso sexual/estupros no município, 55 ocorrências ano passado, contra 49 em 2016 e 43 em 2015.

Na comparação, entre municípios, sobre os atendimentos realizados pelo Conselho Tutelar, Jaraguá do Sul sai na frente, são em média 373 atendimentos por conselheiro (são cinco conselheiros apenas), superando até mesmo a maior cidade do Estado, Joinville, com 190 atendimentos.

Com uma demanda tão grande de atendimentos, Aparecida lamenta a falta de tempo para outras frentes de trabalho. “Não temos tempo de trabalhar a prevenção, no núcleo familiar, onde a criança está inserida”, afirma ela, reforçando que Jaraguá do Sul necessita de um segundo Conselho Tutelar. “Temos uma resposta judicial favorável à esta demanda, falta o Tribunal se manifestar”.

Segundo o presidente Anderson Kassner, será feita uma indicação ao Executivo para implantação, o quanto antes, de mais uma unidade do Conselho Tutelar em Jaraguá do Sul.