no comments

Representante do INSS expõe sobre a greve

Sessão Ordinária 006 Sessão Ordinária 020

Na sessão de quinta-feira (16/07), Gilson Cartaro, representante do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), utilizou o espaço da Tribuna Popular para falar sobre a greve da categoria.  O serviço social do INSS auxilia todos os servidores da previdência a solucionar os problemas e dificuldades de acesso aos seus direitos, além de ser o órgão responsável por receber as contribuição dos trabalhadores e realizar os apagamentos de aposentadorias e auxílios.

Segundo Gilson, a greve é um ato extremo em que a categoria, através do sindicato, tomou as providências legais para iniciar a paralisação. “Quando falamos no INSS, falamos da vida de todos os trabalhadores de nosso país”, afirma Gilson. “Temos consciência dos efeitos do movimento porque nós que estamos atrás do balcão atendendo os trabalhadores estamos na mesma situação que eles”, conta.

Além da reposição salarial de 27,5% imediato, para reparar as perdas inflacionadas, a categoria também reivindica melhorias no processo do atendimento ao trabalhador. “Não há uma política de valorização do servidor e melhoria constante do trabalho”, explica.

Com quase duas semanas de paralisação no Brasil todo, duas mesas de negociação já foram realizadas, mas sem propostas aceitas. No próximo dia 21, terça-feira, acontecerá mesa com 34 entidades nacionais que representam os setores dos servidores públicos para discutir os movimentos. O apelo, segundo Gilson, é para que haja negociação o mais rápido possível para encurtar o tempo da greve.