no comments

Vereadores aprovam repasse de recursos para hospitais

Os vereadores aprovaram por unanimidade, em votação única, durante Sessão Extraordinária nesta terça-feira (18), o PL n° 301/2018, autorizando o Poder Executivo, através do Fundo Municipal de Saúde, a conceder subvenção social, mediante a celebração de Convênios, com a Associação Hospitalar São José e Hospital e Maternidade Jaraguá. Os repasses serão utilizados pelas entidades, de forma geral, para custear despesas com a manutenção de suas atividades, especialmente:

I – ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR SÃO JOSÉ DE JARAGUÁ DO SUL

Valor de R$ 8,2 milhões, sendo R$ 189 mil para auxílio e incentivo no pagamento por produção de cirurgias eletivas; R$ 1,6 milhão para auxiliar nos procedimentos ambulatoriais realizados; R$ 2 milhões para auxílio na folha de pagamento, 13º salário e férias dos setores de apoio ao atendimento dos serviços prestados; e R$ 4,3 milhões para auxiliar na manutenção dos serviços de saúde do Hospital, a serem repassados no exercício de 2019;

II – HOSPITAL E MATERNIDADE JARAGUÁ

Valor de R$ 7,2 milhões, sendo R$ 239 mil para auxílio e incentivo na realização de cirurgias eletivas; R$ 1,2 milhão para incentivo e auxílio na realização de procedimentos ambulatoriais; R$ 2,1 milhões para manutenção de serviços de saúde; e R$ 3,6 milhões para auxílio no pagamento de salários dos profissionais administrativos e apoio, a serem repassados no exercício de 2019.

Na tribuna o vereador Jaime Negherbon (MDB), elogiou o Executivo pelo projeto. “Saúde em primeiro lugar”, disse.

O líder de Governo Pedro Garcia (MDB), esclareceu que são recursos do orçamento do município que serão destinados às unidades. “É uma quantidade expressiva, porque faltam recursos de fora, do Estado”, informou.

Marcelindo Carlos Gruner (PTB), novamente cobrou uma prestação de contas e fiscalização efetiva por parte do município para saber se os recursos estão sendo aplicados com eficiência. “Como o município é o maior investidor dos hospitais eu acho que temos que fiscalizar o que está ocorrendo. Está na hora do poder público contratar alguém que entenda de administração hospitalar e começar a verificar os recursos que são aplicados nos hospitais”, cobrou.

Eugênio Juraszek (PP) disse que os municípios vizinhos deveriam também auxiliar os hospitais daqui, já que utilizam os atendimentos das unidades.