no comments

AUDIÊNCIA PÚBLICA DEBATERÁ ABASTECIMENTO DA ÁGUA NA CIDADE

A Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul está ultimando os preparativos para a audiência pública que debaterá a questão da gestão da água, envolvendo tratamento, abastecimento e esgoto sanitário em Jaraguá do Sul. A audiência será realizada no dia 5 de maio, com início às 19 horas, no plenário da Câmara.
A proposta é uma iniciativa da bancada do Partido dos Trabalhadores (composta pelos vereadores Justino Pereira da Luz e Francisco Alves), que achou necessária uma discussão ampliada sobre os problemas do abastecimento de água e o tratamento de esgoto em Jaraguá do Sul. Todos os munícipes estão convidados a participar da audiência, em especial moradores de áreas que sofrem com problemas crônicos de falta de água e aqueles que ainda não são servidos pelo tratamento de esgoto, um dos indicativos de qualidade de vida de uma população.
O objetivo do encontro é fazer com que as autoridades que trabalham com o fornecimento destes serviços e especialistas na área esclareçam para a população quais os investimentos, quais os problemas e possíveis soluções para viabilizar a distribuição da água para toda a cidade. Segundo Francisco Alves, os moradores de alguns bairros do município ainda sofrem com a falta de água em suas residências, o que é inconcebível.
Justino da Luz comentou que constantemente ouve reclamações sobre a qualidade do serviço prestado pelo Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto de Jaraguá do Sul (Samae). Ele frisou que há a necessidade de se aumentar a atenção em torno do tratamento de esgoto, que, segundo o Samae, atinge a 46% das residências.
A audiência terá as presenças do engenheiro sanitarista do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea), Ricardo R. Meyer, do presidente da Fundação Jaraguaense do Meio Ambiente (Fujama), Cesar Humberto Rocha, e do diretor do Samae, Nelson Klitzke, entre outros convidados.