no comments

ATENÇÕES SE VOLTAM PARA AS ASSOCIAÇÕES DE MORADORES NA SESSÃO DESTA TERÇA

A Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul realiza nesta terça-feira (18) sessão solene em homenagem ao Dia Municipal das Associações de Moradores de Jaraguá do Sul (comemorado no dia 24 de abril). Proposta pela bancada do Partido dos Trabalhadores (PT), composta pelos vereadores Justino da Luz e Francisco Alves, a homenagem será personificada pelo presidente regional da Federação das Associações de Moradores de Santa Catarina (Famesc), João Fiamoncini, e pelo presidente da União Jaraguaense das Associações de Moradores (Ujam), Agostinho Zimmermann.
Recém-eleito presidente da Associação de Moradores do Bairro Santo Antônio em uma votação histórica no Estado – foram 1.105 eleitores, sendo que Fiamoncini levou 662 votos – para o homenageado este resultado mostra o sentimento da comunidade em buscar mudanças para o bairro.
Fiamoncini nasceu em Guaramirim, mas mora desde 1998 no bairro Santo Antônio, em Jaraguá do Sul, onde foi presidente da associação de bairro de 2004 a 2008. Ele conta que ingressou no movimento comunitário como presidente da Associação de Pais e Professores (APP) da Escola de Ensino Fundamental Victor Meirelles em 1998.
O presidente regional da Famesc é gerente de vendas da Moretti Matérias de Construção e também é o segundo suplente de vereador pelo Partido dos Trabalhadores. Filiado desde 2003 no partido, Fiamoncini obteve 1.080 votos nas eleições municipais de 2008.
Segundo ele, a homenagem feita pela Câmara é muito importante para todos os líderes comunitários, que se sentem prestigiados com tal destaque. “Fico feliz por essa homenagem. Isso motiva a todos os participantes do movimento. Esse reconhecimento faz com que mais pessoas se envolvam com as associações de bairro”, frisou.
“Organizar a comunidade para conseguir o que se quer para a sua vida”. É assim que o homenageado resume um pouco do que é o trabalho comunitário. Ele explica que é gratificante fazer algo em prol de um. “Quando fui chamado para ser presidente da APP, eu vi a oportunidade de fazer algo para o bem comum. É muito importante você morar em um bairro há 20 anos e ver que fez algo por ele. Acho que isso também reflete o trabalho das 45 pessoas que formam a chapa da Associação do Bairro Santo Antônio”, ressalta o presidente regional da Famesc.