no comments

ISAIR MOSER QUESTIONA FIM DA VACINAÇÃO ANTIGRIPAL INFANTIL

Após receber reclamações da comunidade, o vereador Isair Moser (PR), o Dico, questionou, na sessão da última quinta-feira, o fim da vacinação antigripal infantil em Jaraguá do Sul. Segundo ele, algumas mães procuraram os postos de saúde do município para vacinar os filhos e foram informadas de que a vacina para a influenza H1N1 (gripe A) também protege contra a gripe normal. “A única vacina disponibilizada para as crianças de zero a cinco anos é que imuniza contra a H1N1”, afirma.
Segundo o vereador apurou, a vacina para a gripe A foi disponibilizada para os municípios por meio de um programa do governo federal, mas isso não basta. Ele criticou a decisão de não disponibilizar a vacina contra a gripe comum, pois a da H1N1 não imunizaria as crianças das gripes comuns. “Nossas crianças estarão vulneráveis às gripes comuns e suas complicações, como as doenças respiratórias”, alertou.
Para Isair Moser, a não manutenção do programa vai prejudicar a saúde das crianças, que estavam imunes contra a gripe comum e também a qualidade de vida das famílias, que, eventualmente, terão de procurar os pronto-socorros para tratar as complicações que a doença trará para as crianças.
O vereador Jean Leutprecht (PCdoB) ficou preocupado com o fato levantado por Moser. Jean explicou que havia entrado em contato com o responsável pela área de vacinação do município e o mesmo havia sinalizado que as vacinas estavam em processo de licitação, mas que agora não sabe se vai haver a campanha. “Quem sofre com isso são os pais, pois eles têm de faltar no serviço para levar seus filhos no pronto socorro”, disse. Jean lamentou o fato, pois, segundo ele, a campanha de vacinação antigripal infantil se tornou referência para o País.