no comments

VEREADORES DEBATEM SOBRE RELATÓRIO

O vereador Pedro Garcia (PMDB) usou da Palavra Livre para justificar a agenda do prefeito Moacir Bertoldi, na terça-feira, dia em que o prefito foi procurado para ser intimado a comparecer na Sessão Especial da Comissão Processante. O advogado do prefeito, Osmar Graciola, recebeu a intimação depois da meia-noite e formalizou o pedido que cancelou a sessão na quarta-feira.
O cancelamento foi anunciado depois que o Relatório da Comissão processante havia sido lido. O vereador Pedro Garcia citou os horários e os locais onde o prefeito esteve durante o dia para justificar o argumento de que o prefeito estaria fugindo da intimação.
O vereador Terrys da Silva (PTB) lamentou que essas informações só estivessem sendo apresentadas dois dias depois do prazo limite para a intimação chegar às mãos do prefeito.
O vereador e presidente da Câmara, Rudolfo Gesser (PP) informou que hoje, às 14 horas, entregará ao Ministério Público Estadual, a cópia do relatório final da Comissão Processante. Segundo ele, o relatório comprovou irregularidades no contrato entre a prefeitura e a empresa Viação Canarinho. O Ministério Público deve averiguar as informações apresentadas no relatório e tomar as deidas providências.