no comments

ANATEL RESPONSABILIZA OPERADORAS PELA EXPANSÃO DA TELEFONIA CELULAR

[img align=left]http://www.jaraguadosul.sc.leg.br/uploads/thumbs/bd1f721b-11bf-19ca.jpg[/img]
“Água mole em pedra dura tanto bate até que fura”, disse, ou pelo menos quis dizer, o vereador Jaime Negherbon (PMDB) ao presidente da Associação de Moradores do Bairro Jaraguá 84, Adilson Braun, depois que o secretário da mesa diretora da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul, Justino Pereira da Luz (PT) leu no início da sessão desta quinta-feira um ofício de autoria do gerente de unidade operacional da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) de Santa Catarina, Estevão Hobold.
Jaime garantiu que vai continuar solidário com os moradores de bairros mais distantes e onde não há sinal de telefonia, em busca de uma solução. O acesso à telefonia móvel e fixa foi um dos pedidos mais comuns dos moradores de diversos bairros durante as reuniões do PPA Participativo que a Câmara promoveu entre os meses de junho e julho, em especial de regiões mais afastadas, como os bairros Rio Cerro, Rio da Luz, Garibaldi e Jaraguá 84.
Há meses o vereador Jaime vem pedindo a expansão da telefonia no município. Porém, em ofício Hobold explicou que a ampliação e implantação além da cobertura de área obrigatória é exclusiva das prestadoras de serviços. Disse que pelas regras atuais, um município é considerado atendido quando a área de cobertura do Serviço Móvel Pessoal atinja pelo menos 80% da área urbana da sede do município.
Reforçou que a ampliação e implantação da área de cobertura obrigatória são de responsabilidade exclusiva das próprias prestadoras e sugeriu que a Câmara apresente a estas empresas os potenciais atrativos da região para que as mesmas estudem se há interesse de expansão.
Jaime encaminhou cópia do ofício ao presidente da Associação de Moradores do Bairro Jaraguá 84, Adilson Braun, que estava presente à sessão e está organizando abaixo-assinado em torno do tema.