no comments

JAIME ENTREGA ABAIXO-ASSINADO PEDINDO SEMÁFORO NA BARRA

[img align=left]http://www.jaraguadosul.sc.leg.br/uploads/thumbs/bd48771e-9a53-29ef.jpg[/img]

O vereador Jaime Negherbon (PMDB) apresentou na sessão da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul desta terça-feira (27 de outubro) um abaixo-assinado de autoria dos moradores das ruas Benjamin Pradi, Victor Satler e Bertha Weege e a avenida Parque Malwee, todas localizadas no bairro Barra do Rio Cerro. Nas mais de 160 assinaturas ali reunidas, os moradores pedem a instalação de um semáforo no trevo de acesso ao Parque Malwee.
Jaime informou que o documento já está protocolado na Prefeitura e vai enviá-lo também à Associação de Moradores do Bairro Barra do Rio Cerro. Uma indicação de autoria do vereador, a número 532/2009, pedindo melhor sinalização no trânsito naquela via perigosa, já havia sido aprovada pelos vereadores no mês de agosto e também encaminhada à Prefeitura.
Lamentavelmente, Jaime ficou sabendo que nesta semana mais uma pessoa perdeu a vida no trânsito daquela região. Ele lembrou que quando o diretor de Trânsito da Prefeitura, José Schmidt, esteve na Câmara, ele já havia pedido atenção para aquele cruzamento. A informação da Prefeitura é de que está sendo licitada a compra dos aparelhos no local para dar mais segurança aos munícipes. Jaime pede pressa, pois lembra que o cruzamento dá acesso ao Parque Malwee, que recebe centenas de visitantes e turistas em especial nos finais de semana.

[b]PONTO DE ÔNIBUS[/b]

O vereador Jaime também apresentou uma indicação para recuperação do último ponto de ônibus no bairro Rio Molha. Ele disse que como se não bastasse todos os problemas que os moradores daquela região vêm enfrentando, o ponto está caindo aos pedaços. São dez famílias que pegam o ônibus naquele local, que ficam sujeitas ao sol, à chuva e ao vento enquanto aguardam o transporte.
E ainda lembrou o quanto é complicado caminhar pelas calçadas da cidade por falta de ciclovias, o que faz com que os ciclistas tenham que dividir as calçadas com os pedestres ou então coloquem suas vidas em risco na rua. “Está na hora de o município investir fortemente na construção de ciclovias, pois não há espaço para os ciclistas”.
A lei determina que o ciclista não deve andar pelas calçadas.

Jornalista responsável: Rosana Ritta – Registro profissional: SC 491/JP