no comments

COMISSÃO PROCESSANTE ANEXA PROCESSO À SUA DOCUMENTAÇÃO

[img align=left]http://www.jaraguadosul.sc.leg.br/uploads/thumbs/c8d775d3-3eb4-55a4.jpg[/img]

O vereador Justino Pereira da Luz (PT), relator da Comissão Processante da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul que investiga denúncia de improbidade administrativa contra a prefeita Cecília Konell, o marido dela, ex-prefeito e ex-secretário Ivo Konell, e o ex-procurador-geral do município, Volmir Elói, esteve nesta quarta-feira na sede do Tribunal de Contas do Estado (TCE), em Florianópolis.
Junto com os chefes de gabinetes dos vereadores Lorival Demathê (PMDB), André de Oliveira, e do vereador Jaime Negherbon (PMDB), Everton Demarchi, o relator requisitou junto ao tribunal cópia do processo referente à dívida assumida por Konell quando prefeito de Jaraguá do Sul, que estaria hoje em torno de R$ 33 mil e que ele, beneficiando-se do programa de refinanciamento do município, o Refis, teria pago algo em torno de R$ 9 mil, o que resultou na investigação.
São mais 699 páginas que serão anexadas à documentação da Comissão Processante, e que os vereadores pretendem estudar até a sexta-feira, quando em reunião às 14 horas devem definir o relatório prévio que decidirá pela continuidade ou não da investigação. A comissão recebeu nesta quarta-feira também a defesa da prefeita Cecília. Na foto, Justino assina o requerimento, observado por André.

Jornalista responsável: Rosana Ritta – Registro profissional: SC 491/JP