no comments

Câmara antecipa R$ 1,1 milhão para investimentos

Com diferentes placares, três projetos do Executivo que remanejam recursos do orçamento vigente do município foram aprovados pelos vereadores em sessão extraordinária ocorrida na noite de ontem, 17. A reunião atendeu a convocação da prefeita Cecília Konell, através de ofício protocolado na última sexta-feira, 18.

Os remanejamentos totalizam R$ 1,1 milhão para investimentos, recursos antecipados do orçamento da Câmara aos cofres do município. O primeiro projeto transfere R$ 300 mil para despesas com compra de macadame, saibro e contratação de serviços terceirizados com retroescavadeira, escavadeira hidráulica, trator de esteira e caminhões para atender propriedades rurais da cidade.

vereador Jaime Negherbon (PMDB)

vereador Jaime Negherbon (PMDB)

Jaime Negherbon foi o primeiro a se pronunciar, afirmando que estará atento aos investimentos. “Voto favorável em respeito a população jaraguaense, que precisa ser atendida. Mas peço que não utilizem isto para politicagem”, disse. Celso Hille comentou que, assim como a prefeita solicitou “especial atenção” dos vereadores, através do ofício, da mesma forma entende que os pares devem ser atendidos pelo Executivo quando fazem indicações ou entram com pedidos de informação.

A ação do presidente ora licenciado Ademar Winter foi enaltecida pelo líder de governo José Osório de Ávila. “Tenho certeza que este dinheiro não vai ser politiqueiro. Muitos colonos estão aguardando este projeto ser votado”, comentou. Na mesma linha, Amarildo Sarti destacou a postura do presidente em atender ao pedido da prefeita e dos agricultores.

“Através de uma postura honesta e sábia no sentido de fortalecer o desenvolvimento rural, ele encaminhou este pedido de repasse para a Prefeitura para construir uma ponte entre Legislativo e Executivo visando atender aos interesses da comunidade”, declarou.

O outro projeto antecipa também R$ 300 mil para obras de infraestrutura no Loteamento Harmonia, no Residencial Silvana Cleide Martins e no Residencial Erica Modrock. O vereador Justino da Luz foi o único contrário à proposta, segundo ele em razão da ausência de respostas por parte da Promotoria Pública no caso das irregularidades denunciadas no Loteamento Harmonia.

O vereador Celso Hille cobrou um melhor planejamento quando a Prefeitura elabora um projeto. Citou o caso do Condomínio Dante Minel, onde residem 286 famílias.

“Quando se faz um projeto deste, foi pensado em ter creche para estas famílias? Foi pensado em ter escola para estes alunos? O transporte foi pensado, e posto de saúde para estas famílias?”, indagou.

O terceiro projeto votado na noite de ontem transfere R$ 500 mil para compra de tubos de concreto, de madeira para reforma de pontes, equipamentos de proteção individual, contratação de serviços de caminhões, escavadeiras, retroescavadeiras, compra de novos veículos, ampliação da coleta seletiva de lixo e contratação de calceteiros para manutenção de ruas.

Como tramitam em regime de urgência, os textos são apreciados em votação única e encaminhados para sanção da prefeita. Com compromissos de ordem pessoal e profissional pré-agendados anteriormente, os vereadores Ademar Possamai, Jean Leutprecht e Natália Lúcia Petry não compareceram à sessão.

VOTAÇÃO ÚNICA DO PROJETO DE LEI ORDINÁRIA Nº 134/2012:

AUTORIZA A ABERTURA DE CRÉDITO ADICIONAL SUPLEMENTAR NO ORÇAMENTO VIGENTE, APROVADO PELA LEI MUNICIPAL Nº 6.289/2011, DE 12/12/2011, E ALTERAÇÕES POSTERIORES, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Aprovado em placar de 5×0 e 1 abstenção – de Justino da Luz

VOTAÇÃO ÚNICA DO PROJETO DE LEI ORDINÁRIA Nº 135/2012:

AUTORIZA A ABERTURA DE CRÉDITO ADICIONAL SUPLEMENTAR NO ORÇAMENTO VIGENTE, APROVADO PELA LEI MUNICIPAL Nº 6.289/2011, DE 12/12/2011, E ALTERAÇÕES POSTERIORES, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Aprovado em placar de 6×1 – voto contrário de Justino da Luz

VOTAÇÃO ÚNICA DO PROJETO DE LEI ORDINÁRIA Nº 137/2012:

AUTORIZA A ABERTURA DE CRÉDITO ADICIONAL SUPLEMENTAR NO ORÇAMENTO VIGENTE, APROVADO PELA LEI MUNICIPAL Nº 6.289/2011, DE 12/12/2011, E ALTERAÇÕES POSTERIORES, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Aprovado em placar de 7×0