no comments

Cultura em debate na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul

Vereadores, secretária de Cultura, Esporte e Lazer, Natália Lúcia Petry, secretário de Administração Argos Burgardt, comissão formada por representantes da área cultural da cidade, além do presidente do Conselho Municipal de Cultura estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira, na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul. A pauta do encontro foi o PL20/2017, que está na casa e deverá ser votado amanhã. O projeto prevê o corte, ou a não obrigatoriedade de repasses ao Fundo Municipal de Cultura e a destinação das verbas para outras áreas.  O Executivo Municipal, já suspendeu também o edital 084/2016, que estava em processo de inscrições.

O encontro ocorreu no plenário do Legislativo e teve como finalidade tirar dúvidas e expor as opiniões sobre o projeto em questão. Representantes da área cultural questionam o corte de repasses. Segundo a secretária de Cultura, Natália Lúcia Petry estão acontecendo várias reuniões sobre o assunto. “Tenho debatido com o secretário Argus a necessidade da manutenção do fundo de cultura e do esporte. Cultura e Esporte andam juntos”, frisou Natalia em seu pronunciamento. “Precisamos nos unir para construir uma nova estrutura para a cultura”, completou ela.

Cerca de 36 projetos seriam contemplados. O valor total dos recursos giravam em torno de R$ 795 mil para projetos nas áreas de artes integradas, artesanato, artes visuais, audiovisual, circo, dança, literatura, manifestações culturais, música, patrimônio histórico-cultural material e imaterial, teatro e patrimônio histórico edificado.

O presidente do Conselho de Cultura, Egon Jagnow se limitou a frisar que o momento é complicado e que o Executivo fez a sua opção.

Para o presidente do Legislativo, Pedro Garcia, o encontro foi positivo no sentido de oportunizar o debate sobre a questão. Segundo Pedro, o projeto vai a votação na sessão desta quinta-feira.