no comments

Ex-vereador homenageado com nome de rua

vereador Afonso Piazera Neto (PSD)

vereador Afonso Piazera Neto (PSD)

“Se não foi cidadão nascido em Jaraguá do Sul, ele a adotou pelo belo trabalho que fez na cidade”. A declaração do vereador Afonso Piazera Neto refere-se a Clemenceau Amaral e Silva, homenageado com nome de rua no bairro Três Rios do Norte.

O projeto de lei que denomina via pública foi aprovado em primeira votação na sessão desta quinta-feira, 3.

Clemenceau Amaral e Silva nasceu no dia 26 de março de 1919, na cidade do Rio de Janeiro. Filho de Cantídio Amaral e Silva e Anail Moraes Amaral e Silva, casou-se com Amélia de Paiva Lopes com quem teve três filhos.

Aos 20 anos, ingressou na imprensa carioca em 1939, como repórter político, até galgar o posto de redator do jornal A Pátria, que veiculava noticiário dirigido a colônia italiana radicada no Brasil.

Em 1940, foi nomeado inspetor escolar na Prefeitura de Jaraguá do Sul e, em 1944, inicia sua colaboração no Jornal O Correio do Povo, o mais antigo de Santa Catarina.

Em 1962, foi eleito vereador de Jaraguá do Sul. No ano seguinte, idealiza a construção da Escola de Ensino Municipal Albano Kanzler. No mesmo ano, atuou como secretário de governo da administração do prefeito Roland Harold Dornbusch. Em 1964, colaborou com o Jornal o Estado, editado em Florianópolis.

Exerceu o cargo de assessor de gabinete na gestão do prefeito Hanz Gerad Mayer, em 1967. No ano seguinte, foi nomeado pelo governador do Estado como adjunto de promotor público na comarca de Jaraguá do Sul.