no comments

Notas da Câmara – 17|07|2015

CÂMERAS

Sessão Ordinária 049

O vereador Eugênio Juraszek (PP) agradeceu ao executivo municipal e a Polícia Militar de Jaraguá do Sul, a instalação de câmera de vigilância em frente ao presídio e no bairro Barra do Rio Cerro. Ele disse que o ponto entre a Rua Feliciano Bortolini e a Rodovia Wolfgang Weege é uma rota de fuga e este equipamento de segurança era uma necessidade. “Estas duas câmeras são uma conquista e auxiliarão na segurança destes locais”, finalizou.

 PEIXES

Eugênio Juraszek utilizou o espaço da Palavra Livre na sessão de quinta-feira (16/07), para levantar situação dos piscicultores jaraguaenses no período de inverno. Afirmou que o clima não ajuda e com o frio a oxigenação das águas dos tanques do produtores fica reduzida. O vereador contou que no ano passado um piscicultor perdeu cerca de 180 quilos de sua criação. “Nessa semana, visitei mais agricultores e os peixes estão morrendo. Vou fazer uma indicação para solicitar ao setor de agricultura da Prefeitura compre um aparelho para medir o oxigênio nestas lagoas”, afirmou. Juraszek falou ainda que conversou com Leocádio Neves e Silva, presidente da Fundação Jaraguaense do Meio Ambiente, para questionar a possibilidade da presença de fungos nessas águas. “Queremos que um técnico faça uma avaliação para saber o que está acontecendo. Vamos fazer um trabalho com estes produtores, para que a situação não piore nesta cultura”, finalizou.

 

GREVE I

Sessão Ordinária 059

Arlindo Rincos (PP) prestou apoio ao movimento de greve que o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) estão realizando. Ele ressaltou o momento que o país enfrenta é muito delicado, mas que os servidores devem continuar lutando pelos devido reconhecimento. “É importante que a Moção que tramita nesta Casa seja encaminhada o mais rápido possível às autoridades competentes. Sei que não é fácil, pois sou professor e também buscamos a valorização e reconhecimento”, salientou. O vereador João Fiamoncini (PT) também comentou sobre a paralisação do INSS e IFSC. Disse que mesmo sendo vereador do PT apoia a greve, pois os servidores devem buscar seus direitos.

 

IGREJAS

Sessão Ordinária 079

Jocimar dos Santos Lima (PSDC) relatou na sessão ordinária de quinta-feira (16/07), sobre reunião que realizou com o Prefeito Dieter Janssen, o secretário de Urbanismo Ronis Bosse e os pastores das igrejas de Jaraguá do Sul, com o objetivo de tratar sobre a atuação da Fiscalização de Posturas frente as entidades. Lima falou que algumas igrejas foram fechadas pelo setor de Posturas e apresentou a situação ao chefe do executivo. “Fomos bem atendidos pelo prefeito. Comentamos sobre as situações que vem acontecendo e ficou acertado que vamos elaborar um Projeto de Lei para adequar a legislação permitindo a atuação das entidades religiosas no município”. Citou que o Plano Diretor não permite a atuação de igrejas em áreas residenciais, mas existem exemplos de igrejas que estão por mais de 60 anos nestas regiões e não houveram problemas com a comunidade. “Este Projeto de Lei que iremos desenvolver tem este objetivo. Servirá para readequar a legislação para que estas entidades possam fazer seu trabalho sem precisar mudar de local. Já as novas igrejas deverão se adaptar a lei existente”, finalizou.

 

PPA ESTADUAL

Sessão Ordinária 118

A presidente da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul, Natália Lúcia Petry (PMDB), cobrou na sessão de quinta-feira (16/07) sobre o horário da audiência pública realizada pela Assembleia Legislativa, para discutir o Plano Plurianual do Estado catarinense. “A reunião para debater as prioridades de nossa região aconteceu no mesmo horário da sessão ordinária de Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul, impedindo que os vereadores pudessem participar das discussões do PPA”, ressaltou. Ela afirmou que manifestou a indignação em relação ao horário na reunião do Conselho do Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul, na condição de Conselheira.