no comments

NOTAS DA CÂMARA 23.02 – Ajuste fiscal, novos soldados e acostamentos em vias

PACOTE DE AJUSTES NO FUNCIONALISMO

Arlindo Rincos ressaltou o seu apoio aos servidores municipais na sessão ordinária desta quinta-feira (23). Com o plenário lotado pela classe de trabalhadores do setor público, o vereador ressaltou que já trabalhou na Educação Municipal e que lamenta o fato de tentarem tirar os direitos dos funcionários. “Conheço a causa dos funcionários e principalmente dos professores que trabalham 40 horas semanais em salas com 30 alunos 40 alunos. É uma classe que trabalha muito, e é muito pouco valorizada nesse país”, lastimou.

Isair Moser fez coro ao discurso e afirmou que sempre foi a favor do servidor público e que direitos adquiridos não podem ser retirados.

Celestino Klinkoski chamou atenção para a situação caótica em que se encontra o país e lembrou que tudo o que ocorre hoje é por culpa das más administrações que passaram e passa pelo Governo Federal.

“O Governo Federal só se preocupou em se blindar contra a Lava Jato. O governo quer votar a PEC da reforma da previdência, querendo imitar outros países, mas se esquecendo que lá eles tem educação e começam a trabalhar mais tarde”, criticou. Klinkoski aconselhou que o Governo Municipal vá até Brasília buscar recursos e cobrar dos senadores e deputados uma solução para Jaraguá do Sul.

 

NOVOS SOLDADOS DA PM

O presidente do Legislativo, Pedro Garcia, lembrou da reunião que teve com o secretário estadual de Segurança Pública, Cérsar Grubba no início do mês quando os vereadores pediram novos soldados para a corporação de Polícia Militar em Jaraguá do Sul. “Quando estivemos em Florianópolis fizemos uma reinvindicação pedindo duas escolas de 30 alunos de soldados para Jaraguá. A gente ficou contente porque lemos no jornal que o governador já autorizou a chamada de 1084 soldados e alguns deles vão vir para cá”, ressaltou.

 

FALTA DE ACOSTAMENTOS

Anderson Kassner mostrou fotos de várias vias da cidade que precisam de acostamento e que, da maneira como encontram-se, oferecem riscos aos transeuntes. O locais são: rua Paulo Voltolini no bairro Ribeirão Cavalo, rua Francisco Greter no braço ribeirão cavalo, rua Eurico Duwe no Rio da Luz, estrada JGS 461 – Elsa Trapp Meier no Jaraguá 84, JGS 466 no Santo Estêvão, Waldemar Gumz nas proximidades do residencial Duquesa de Chartres e rua Prefeito José Bauer em Três Rios do Sul.

Kassner diz entender o momento financeiro do município e sabe que essas obras são caras, mas ressaltou que o trabalho do vereador é de levar ao Executivo toda a demanda da sociedade e que quem vai decidir se essas obras são realizadas ou não será o próprio Executivo.