no comments

Vereador deseja prazo maior para comerciantes se adequem às questões sanitárias

DSC00003Atendendo a reivindicação dos comerciantes, o vereador Amarildo Sarti solicitou, na sessão de ontem, 18, que se reveja a lei que determina prazo para que os estabelecimentos comerciais de alimentos assados se adequem às regras sanitárias. De acordo com o parlamentar, o pouco tempo inibe o empreendedorismo na cidade. Ele citou comércios com mais de 30 anos que foram notificados pelos fiscais da vigilância sanitária e hoje, encontram dificuldades de adaptação às novas regras. Entre elas estão a colocação dos assadores dentro do estabelecimento e a limpeza da grelha em local onde haja um ralo ligado a rede de esgotos. Os manipuladores deverão estar devidamente paramentados, usando boné ou rede para cabelos, jaleco de cor clara, sapatos fechados e apresentarem atestados de saúde. Em busca de uma solução paliativa, o vereador solicitou à Líder do Governo, vereadora Natália Lúcia Petry, que interceda junto a Secretaria de Saúde para dilatar prazo. “Precisamos conciliar a necessidade das pessoas que prestam este tipo de serviço com os interesses do poder público”, disse Amarildo. A vereadora afirmou que irá conversar com os representes do setor na Prefeitura de Jaraguá do Sul.