no comments

Vereadores desejam isenção para imóveis interditados

DSC05120Os vereadores jaraguaenses solicitaram, durante a sessão de ontem, 27, que o Executivo encaminhe ao Legislativo um projeto de Lei que possibilite a isenção  do pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e da taxa de lixo  os proprietários dos imóveis interditados pela Defesa Civil devido aos riscos aos moradores.

O tema foi levantado por Jair Pedri que acredita que a medida minimiza os danos causados aos donos, após os prejuízos. O parlamentar disse que abordou o assunto no ano passado e nenhuma medida foi tomada até o momento. “A Prefeitura continua cobrando dessas pessoas que, por estarem interditados pela Defesa Civil, nem residem mais nestes locais e estão sendo executadas judicialmente”, disse Pedri.

José de Ávila se lembrou da sua proposta legislativa de isentar do pagamento que foi aprovada pela Câmara e vetada pela ex-prefeita Cecília Konell.  “Já se passaram dois anos e até agora até taxa de lixo continua sendo cobrada desses moradores”, lembrou.

Jocimar de Lima citou como exemplo os moradores que foram realocados nas casas construídas pelo Instituto Ressoar, no loteamento Corupá, no bairro Tifa Martins, que ainda são cobrados pela pavimentação asfáltica dos imóveis interditados. “Muitos inclusive estão protestados pela falta de pagamento”, disse.

Os parlamentares cobraram do líder de Governo, Pedro Garcia, para que intervenha junto ao Executivo para apresentar qualquer propositura sobre o tema. “Estamos dispostos a aprovar qualquer medida que ajude esses moradores a reparar esses danos”, disse Jair Pedri.