Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Bandeiras deverão ser hasteadas em todas as instituições de ensino

COMPARTILHE

Foto: Prefeitura de Jaraguá do Sul

Estimular o patriotismo e o civismo nos mais jovens foi o principal motivo que levou os vereadores Jair Pedri (PSD), Osmair Gadotti (MDB) e Jeferson Cardozo (PSL) a criarem o projeto de lei que vai obrigar também todas as instituições de ensino privadas e estaduais a hastearem as bandeiras do Brasil, de Santa Catarina e de Jaraguá do Sul durante o período letivo. Especificamente, a proposta inclui essas escolas na lei n° 2.480/1998, que já determinava o hasteamento das bandeiras na rede municipal de ensino durante o período de aulas.

Jair Pedri, que foi o idealizador do projeto, ressaltou que essa é uma maneira apolítica de promover o patriotismo entre os estudantes. “Uma maneira de dizer que aqui neste lugar ensinamos valores e formamos cidadãos, que respeitam o seu povo, o seu país e a sua pátria. Não se trata de política, se trata de civismo”, frisa.

Osmair Gadotti afirmou que é preciso resgatar o sentimento de pertencimento na população, o sentimento de pertencimento à pátria brasileira. “Hoje temos cidadãos queimando a bandeira do Brasil. Isso é a vergonha nacional. Precisamos ter orgulho nacional”, adverte.

Jeferson Cardozo lembrou que antigamente era mais comum cantar o hino nacional antes das aulas e que isso fortalecia o sentimento patriótico nos jovens. Salientou também que atualmente em Jaraguá do Sul há muitas bandeiras hasteadas nas residências de moradores e que é dessa forma que se pode dar um recado à sociedade. “Temos que ser brasileiros, temos que ser patriotas”.

O projeto foi aprovado na sessão desta quinta-feira (29) na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul e será enviado ao Executivo para sanção do prefeito Antídio Lunelli.

 

Confira a sessão:

Sessão Ordinária - 29/07/21