Câmara aprova novos requisitos de formação escolar para professor

Medida leva em consideração a necessidade de novo concurso público

Os vereadores aprovaram em segundo turno de votação nesta terça-feira (03), o PLC nº 28/2019, do Executivo, que dispõem sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos servidores efetivos da Administração Direta do Município.

A proposta legislativa tem por finalidade alterar os requisitos de escolaridade dos

cargos efetivos de professor de educação infantil – ensino superior e de professor de ensino fundamental – licenciatura plena, constantes no Manual de Ocupações do Quadro Permanente do Magistério.

Segundo a administração o objetivo é a atualização dos requisitos de formação escolar para os referidos cargos, haja vistas a necessidade de se promover concurso público para suprir a demanda dos serviços na área educacional no âmbito do município, primando pela qualidade e eficiência dos serviços.