Câmara homenageia Dia do Professor e entrega medalha Brasília Gastaldi Beltramini

Os vereadores de Jaraguá do Sul prestaram homenagem a 13 professores do município em alusão ao Dia do Professor em sessão solene nesta terça-feira (15). A medalha do Mérito Brasília Gastaldi Beltramini, que é concedida pelo Legislativo jaraguaense a cada dois anos, foi conferida à professora Carla Schreiner que foi reitora da Unerj, atual Católica.

Formada e pós-graduada em Letras, Carla Schreiner acompanhou desde o início a fundação da Faculdade de Estudos Sociais. Em 16 de outubro de 1978 assumiu o ensino superior da instituição em Jaraguá. Em 2000 sob seu comando, foi assinado o decreto criando o Centro Universitário de Jaraguá do Sul.

 

Veja os históricos dos outros 12 professores homenageados:

Dagmar Teresa Ramos de Borba – indicada pelo vereador Dico Moser (PSDB):

Nascida em Jaraguá do Sul, seu tio ex-deputado estadual e ex-presidente da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul, Otacílio Pedro Ramos, sempre incentivou sua carreira de professora. Aos16 anos lecionou no Grupo Escolar Albano Kanzler. Em 1983, ocupou o cargo de secretaria geral da Escola Estadual Holando Marcelindo Gonçalves e posteriormente assumiu a direção.

Anos mais tarde foi convidada para a direção da Escola Estadual Heleodoro Borges. Durante anos atuou na Secretaria Estadual da Educação, onde se aposentou em 1997. Continuou na ativa exercendo o cargo de secretária no Colégio Divina Providência, e em seguida Coordenadora de Ensino de 5ª a 8ª série. Em seu currículo também consta a direção do Centro de Educação Infantil Carlo Andrei Emmendoerfer até o ano de 2012, e a direção do Centro de Educação Infantil Anélia Enke Karsten até 2016.

 

Fernanda Rosestolato Nery – indicada pelo vereador Marcelindo Gruner (PTB):

Iniciou sua história na educação através de um projeto na empresa em que trabalhava.  Por intermédio do voluntariado teve mais contato com a comunidade escolar. Tinha como objetivo promover a educação ambiental entre alunos de escolas públicas. 

Decidiu cursar Pedagogia e conciliou trabalho e faculdade. Trabalhou no infantil, fundamental, jovens e adultos, escolas particulares e públicas. Atualmente é professora do 5°ano do Colégio Marista. Tem apreço por uma frase de Marcelino Champagnat: “Para bem educar, é preciso, antes de tudo, amar e amar a todos igualmente”.

 

Fernando Alflen – indicado pelo vereador Jaime Negherbon (MDB):

Sua história na educação teve início em 2005, quando iniciou a graduação de Licenciatura em Matemática. Como professor ACT foi docente na E.E.B. São José, em Corupá. Em 2008 concluiu a faculdade conjuntamente com a especialização em Educação Matemática. Em 2007 iniciou no Centro Educacional IDEAL, ensino para jovens e adultos. De 2009 a 2017 lecionou em diversas escolas jaraguaenses, entre elas: Marista São Luís, SENAI, Colégio Jangada, EEB Padre Alberto Jacobs, EEB Professor Giardini Luiz Lenzi.

Em 2015 recebeu a proposta de atuar como gestor escolar na Escola Antônio Estanislau Ayroso, desafio que assumiu durante 02 anos. No Centro Educacional Conexão iniciou seus trabalhos no curso pré-vestibular, de 2016 até hoje. Em 2018 teve uma breve passagem pela escola SESC. Atualmente, a partir do convite do secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, atua como Coordenador Regional de Educação.

 

Glóris Vogel Rocha – indicada pelo vereador Pedro Garcia (MDB):

Nascida em Jaraguá do sul, filha de Bruno Vogel e Thecla Lessman Vogel, casada e mãe de 3 filhos, cursou Estudos Sociais na FERJ, e História na FURB. Em 1973 iniciou sua carreira na Escola Albano Kanzler permanecendo até 1989. Em 2010 trabalhou pelo município nas escolas Athaíde Machado e Riciere Marcatto. Entre 2000 e 2004 atuou nas escolas estaduais Abdon Batista e Julius Karsten.

Em 2005 foi convidada para assumir a Direção do Centro de Educação Gertrudes Kanzler, posteriormente assumindo o Centro Municipal de Educação Infantil Carlo Andrei Emmendöerfer até o ano de 2008, quando se aposentou.

 

Ilário Cruch – indicada pelo vereador Anderson Kassner (PP):

Natural de Pomerode, nasceu em 17 de dezembro de 1950. Em 1970 se formou como técnico em contabilidade pela Escola Técnica de Comércio São Luís, em Jaraguá do Sul. No ano de 1980 concluiu sua formação superior em Ciência contábeis. Especializado em Administração Financeira e Mestre em Contabilidade. Iniciou sua trajetória como professor em 1972, ao lecionar Contabilidade Comercial, Contabilidade Industrial e Contabilidade de Custos, para o 2º Grau do Colégio São Luís. A partir de 1991 até a presente data é professor nos cursos de Ciências Contábeis e Administração de Empresas, na antiga FERJ, hoje, Católica.

 

Jean Mary Facchini – indicado por Rogério Jung (MDB):

Formado em Matemática e Ciências Naturais, habilitado em Biologia, mestre em Saúde e Meio Ambiente. Iniciou sua carreira docente em 1985 no município de Taió, atendendo alunos do 01º ao 04º ano. Exerceu as funções de diretor de eventos e diretor cultural. Por nove anos, ainda em Taió coordenou a Feira Municipal de Ciências e por 03 anos a Feira Regional do Alto Vale do Itajaí. Em Jaraguá do Sul, desde 1996, trabalhou no Colégio Marista, Escola Renato Pradi e na Escola Ribeirão Molha. Durante 22 anos lecionou Ciências na Escola Antônio Estanislau Ayroso, e também, por 15 anos na Escola Luiz Gonzaga Ayroso, onde atualmente atua. Durante 15 anos encabeçou a organização da FICAA – Feira de Iniciação Cientifica da Antônio Ayroso. Foi um dos idealizadores e organizadores de uma das maiores Feiras Nacionais no seu segmento, a FEBIC – Feira Brasileira de Iniciação Científica. Em 2014 e 2015, representou a região sul do Brasil na Comissão Sul-Americana para o Desenvolvimento das Ciências.

 

Luciane Meri Manfrini Olska – indicada por Ademar Winter (PSDB):

Iniciou sua carreira em 1987 na extinta Creche da Marisol, hoje Centro Municipal de Educação Infantil Carlo Andrei Emmendoefer.  Ao se formar em Pedagogia, assumiu por 02 anos a direção do Centro Municipal de Educação Infantil Franciane Ramos. Como professora concursada se deparou com o desafio de atuar em uma escola multisseriada. Depois deste período foi convidada para trabalhar com a formação de professores num programa do governo federal, o Proletramento, voltado exclusivamente para alfabetização, mais tarde passou a coordenar a alfabetização na rede municipal de educação. Após o processo de remoção, sua lotação passou a ser na Escola Municipal de Ensino Fundamental Gertrudes Milbratz, vaga que assumiu em 2007 e permanece até hoje.

 

Márcio Porfírio Feltrin – indicado por Arlindo Rincos (PSD):

Professor de Educação Física, formado na FURJ, pós-graduado em Ciência do movimento humano. Em 1996 mudou-se para Jaraguá do Sul iniciando sua carreira como Educador na E.M.E.B. Max Schubert e E.E.B Professor José Duarte Magalhães. Em 1998 iniciou na E.M.E.B. Santo Estêvão onde está até hoje. Trabalha há 6 anos na E.E.B Professor João Romário Moreira. De 2001 a 2004 foi Diretor de Rendimento na FME, assumindo a presidência de 2009 a 2012. Na presidência da Associação Desportiva de Voleibol de Jaraguá do Sul ajudou a implantar o Projeto Social de Voleibol “EVOLUIR” nas escolas públicas do município. Depois de 21 anos na EMEB Santo Estevão, solicitou sua aposentadoria em fevereiro de 2019.

 

Prazer Aparecida Schanider Deucher – indicado por Ronaldo Magal (PSD):

Formada na Faculdade de Ciências Naturais pela UNIPLAC em Lages. Se especializou em Matemática pela Universidade de Iguaçu no Rio de Janeiro, e em Psicopedagogia pelo Centro de Ensino Superior de Jaraguá do Sul. Trabalhou como professora de Matemática na Escola Municipal Alberto Bauer, Escola Athayde Machado e no Colégio Evangélico Jaraguá. Atuou na Secretaria Municipal da Educação de Jaraguá como orientadora de Matemática, posteriormente assumiu o cargo de tutora do curso Pró-Letramento – Matemática para professores de séries iniciais. Auxiliou na escolha do Livro Didático para escolas públicas brasileiras.  Desde 2012 está aposentada. Atualmente cursa Teologia pela UNINTER, e se dedica ao voluntariado com juniores e adolescentes – JUAD.

 

Raquel de Medeiros Borba – indicada por Eugênio Juraszek (PP):

Nasceu em Joinville. Casada com Urbano com quem teve dois filhos. Iniciou sua carreira como professora na escola Estadual Valdete Piazera Zindars. Concluiu sua segunda graduação em História. Em 2009 trabalhou em várias escolas do estado se efetivando na Escola Holando Marcelino Gonçalves. Em 2014 se efetivou nos Anos Iniciais na SEMED. Além de professora é especialista em Práticas Pedagógicas Interdisciplinares e Neuropsicopedagogia, hoje cursa Fundamentos E Organização Curricular. Há mais de 07 anos tua como professora alfabetizadora voluntária de adultos pelo Projeto ALVOLER.

 

Rosane Bachmann Dalpiaz – indicada por Jackson de Avila (MDB):

Casada com Nilton Dalpiaz, foi aluna do Colégio Divina Providência e fez o curso de Letras Licenciatura Português e Inglês no Centro Universitário Católica de Santa Catarina. Foi professora das Séries Iniciais no Colégio Evangélico Jaraguá, na EMEF Albano Kanzler e na EMEF Guilherme Hanemann. Primeira secretária da EMEF Waldemar Schmitz. Em 2000 venceu o Prêmio Incentivo à Educação da Rede Municipal – Ensino Fundamental Anos Finais. Três anos depois foi convidada a ser orientadora da disciplina de inglês pela Secretaria Municipal de Educação. Em 2004 foi professora de Português do Ensino Médio no Senai. Atualmente está aposentada e feliz pelos anos que pode contribuir em prol da educação.

 

Valter Bazzanella – indicado por Celestino Klinkoski (PP):

Filho de Leopoldo Bazzanella e Ida Bazzanella, nasceu em Ascurra. Casado com Marlene Dalva, com quem teve 2 filhos. Formou-se em letras pela Universidade de Blumenau, mesma cidade em que atuou como professor. Em Jaraguá trabalhou nos Colégios Divina Providência, Marista São Luís, Colégio Estadual Roland Haroldo Dornbusch e na Escola Municipal Cristina Marcatto. Hoje é aposentado e sente-se realizado, pois atuou sempre para despertar a busca pelo conhecimento e o exercício da cidadania.

 

Link da sessão: https://www.youtube.com/watch?v=n1cwL46wlHQ