Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Comitiva da Câmara faz visita técnica à faculdade de Medicina

COMPARTILHE

Vereadores, vereadora e assessores visitaram, na manhã desta quarta-feira (9) o campus da faculdade Estácio de Sá em Jaraguá do Sul, no bairro Tifa Monos. Os parlamentares conheceram a estrutura da instituição, que iniciou em 2018 as aulas do curso de Medicina pleiteado pela cidade, dentro do antigo programa Mais Médicos, do governo federal.

De acordo com o diretor da instituição na cidade, Antônio de Souza Junior, já são mais de 200 alunos estudando na unidade jaraguaense, tendo interação desde o primeiro semestre com a rede pública de atendimento em Saúde. O professor ainda destacou que o curso administrado pela Estácio pertence ao município de Jaraguá do Sul, por isso a instituição precisa obrigatoriamente destinar 10% do faturamento bruto mensal para o Fundo Municipal de Saúde, fazendo com que esses recursos sejam aplicados pelo Executivo na formação de profissionais e aquisição de equipamentos, por exemplo.

Outra característica específica dos cursos dentro do formato garantido pelo Mais Médicos é que a instituição mantenedora precisa garantir uma bolsa de estudos integral para alunos da rede pública de ensino da cidade. O edital é aberto todos os anos e contempla alunos que estudaram em escolas públicas (ou que utilizaram bolsa em escolas privadas) de Jaraguá do Sul, com renda familiar de até 1,5 salário mínimo.

O grande pleito para o curso, agora, é ampliar o número de vagas disponibilizadas anualmente, estabelecido pelo Ministério da Educação. Segundo estudos feitos pela Estácio, o curso de Medicina tem capacidade para receber mais de 150 alunos por ano – hoje são 50. A demanda foi encampada pelos vereadores presentes no encontro, que já se disponibilizaram a elaborar uma moção de apelo junto ao MEC para que a situação de Jaraguá do Sul seja analisada pelo governo federal.

Presidente da Comissão de Educação e Saúde, o vereador Jonathan Reinke (Podemos) destacou que a integração do curso junto com a comunidade jaraguaense pode trazer grandes avanços para a Saúde local, com mais profissionais na rede de atendimento da região e uma nova frente de desenvolvimento educacional. “A instituição já afirmou que pretende trazer outros cursos para a cidade, mas foi o curso de Medicina, uma necessidade da comunidade jaraguaense, que viabiliza essas tratativas. A Câmara precisa ser cada vez mais parceira das iniciativas que buscam o desenvolvimento da cidade”, afirmou o parlamentar, que é enfermeiro de formação.

A comitiva, liderada pelo Presidente da Casa, Onésimo Sell (MDB), ainda contou com a presença dos vereadores Rodrigo Livramento (Novo), Jeferson Cardoso (PSL) e da vereadora Sirley Schappo (Novo), além de representantes dos vereadores Luís Fernando Almeida e Osmair Gadotti (ambos do MDB). A visita foi intermediada pelo Presidente, após visita no fim de maio ao campus.