Definido Líder de Governo na Câmara de Jaraguá do Sul

A Prefeitura de Jaraguá do Sul já enviou, na primeira sessão do ano nesta terça-feira (02), ofício à Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul indicando o líder do governo no Legislativo. Será Luís Fernando Almeida o responsável por fazer a articulação política entre os vereadores e o prefeito Antídio Lunelli e sua equipe.

Luís Fernando Almeida tem 31 anos e se elegeu vereador de Jaraguá do Sul pela primeira vez em 2020 com 2.249 votos pelo mesmo partido do prefeito, o MDB. Antes disso ele já tinha disputado duas eleições em 2012 e 2016. Almeida já foi diretor de Habitação e Regularização Fundiária e diretor do Procon de Jaraguá do Sul. Também foi presidente do DCE da Católica/SC e presidente do Conselho Municipal de Defesa do Consumidor – COMDECON.

O parlamentar atua como advogado em seu escritório, o Almeida Advocacia. É também professor universitário, atualmente cursa Mestrado de Gestão em Políticas Públicas da UNIVALI. É formado em Direito pela Católica/SC; Pós-Graduado em Direito do Consumidor e Direito Eleitoral pela Universidade Cândido Mendes (RJ); Pós-graduado em Direito Civil e Processo Civil pela Católica/SC; Capacitado em Direito do Consumidor e Crime nas Relações de Consumo através da Escola Nacional de Defesa do Consumidor, vinculada ao Ministério da Justiça.

 

O QUE FAZ UM LÍDER DE GOVERNO

O líder do governo na Câmara de Vereadores é responsável pela articulação política entre o Executivo e o Legislativo. É função do líder, por exemplo, levar ao conhecimento do prefeito municipal, ou qualquer outra autoridade da Prefeitura, as reivindicações, preocupações e pedidos dos vereadores, realizando, se preciso, reuniões entre as duas partes. Ele também fica responsável por ser a voz do prefeito em plenário, para que os demais parlamentares e os munícipes tenham ciência das posições da Administração Municipal e as ações em desenvolvimento.

“Todas as informações que forem solicitadas iremos, sempre na medida do possível, respondê-las e representar da melhor forma o Executivo aqui na Câmara. Mas também as picuinhas partidárias e as brigas políticas que, por ventura, vierem somente para diminuir os trabalhos desta Casa não serão levadas em consideração”, avisou Almeida.

 

Assista à sessão desta terça-feira (02):