Gruner esclarece que pediu para desligar radar e não o semáforo

O vereador Marcelindo Gruner (PTB), na sessão dessa terça-feira (15), explicou que o seu pedido, feito na sessão do dia 8 de outubro, foi para que apenas o radar do cruzamento entre as ruas José Theodoro Ribeiro e Carlos Oechsler, no bairro Ilha da Figueira, fosse desligado, mas não o semáforo. Desde então, o parlamentar vem conversando com a Diretoria de Trânsito da Prefeitura de Jaraguá do Sul para que os caminhoneiros que passam pelo local não sejam prejudicados com multas aplicadas pelo pardal. A questão é que, ao atravessar o semáforo, não há tempo hábil para que esses veículos passem por completo antes de acender o sinal vermelho.

Segundo o vereador, o diretor de Trânsito Gildo de Andrade Filho afirmou que as multas estão sendo revisadas todos os dias e que situações envolvendo caminhões e carretas de grande extensão estão sendo revista pelo setor. Antes de lançar, a multa é revisada e se for o caso “ela nem vai para o sistema”, explica o parlamentar.

Gruner voltou a lembrar que todo esse transtorno acontece por conta do desmoronamento e posterior interdição da SC-108.

 

Link da sessão: https://www.youtube.com/?t=6063