Mirins de Jaraguá encerram participação em evento nacional 

Os vereadores mirins de Jaraguá do Sul, na manhã desta sexta-feira (11), encerraram a participação no Câmara Mirim, projeto do Plenarinho da Câmara dos Deputados. Este ano o evento ocorreu de forma online com a participação de estudantes de 7 municípios do Brasil. Os trabalhos ocorrem desde a manhã de quarta-feira (09) e envolvem as várias atividades do processo legislativo da Câmara Federal, desde a concepção dos projetos, passando pelas comissões, até as votações. 

Este é o quarto ano consecutivo que os vereadores mirins jaraguaenses participam do projeto. Nesta edição, o presidente mirim de Jaraguá do Sul, Fábio Levandowski, ficou responsável por relatar um dos projetos discutidos em sessão. O PL institui a obrigatoriedade da implantação de chip de identificação em animais domésticos e foi proposto pela estudante Leticia Campana de Goes, da Câmara Mirim de Balneário Camboriú/SC. O projeto tem como objetivo principal a identificação de animais quando são abandonados ou perdidos, afim de devolver ao dono ou punir por abandono. Ele foi aprovado por 40 votos a favor e 9 contra. 

Mirim jaraguaense Fábio Lwvandowsli e a autora do projeto, Leticia Campana de Goes, da Câmara Mirim de Balneário CamboriúSC

 

Outros dois projetos discutidos na sessão foram os seguintes: 

Valorização dos artistas locais: de Ana Luiza Morais Emiliano, do Colégio Sagrado Coração de Maria – Mossoró/RN, propõe a obrigatoriedade de as estações de rádio de todo o Brasil incluírem em sua programação 30 minutos dedicados à divulgação do trabalho de artistas locais. 

Crimes contra a mulher julgados por magistradas: de Maria Eduarda Fonseca Fernandes e Tavares, do Colégio Sagrado Coração de Maria – Mossoró/RN, garante às mulheres vítimas de violência sexual, o direito de optar por ter seu caso julgado por uma magistrada. 

Todos os PLs foram aprovados. 

Perguntadas sobre o evento, três vereadoras mirins disseram o que acharam. A mirim jaraguaense Kely Karina de Lima ressaltou a importância de discutir temas tão diversificados. Leticia Mohr disse ter gostado da experiência de votar projetos que podem ajudar o país. E a mirim Bianca Vaz lembrou que se as atividades fossem presenciais seriam ainda mais interessantes do que já foram de forma online. 

 

Link da sessão: https://www.youtube.com/watch?v=vj1pQNvzhJs