Saiba o que é o projeto de micromobilidade urbana apresentado pelo vereador Reinke 

O vereador de Jaraguá do Sul, Jonathan Reinke (Podemos), apresentou na sessão de quinta-feira, dia 5 de fevereiro, um projeto piloto de micromobilidade urbana para a região da Grande Barra, que compreende os bairros Barra do Rio Cerro, Jaraguá Esquerdo, Jaraguá 99, Jaraguá 84 e Parque Malwee. O projeto tem várias intenções como diminuir a emissão de poluentes por motores a combustão, melhorar a mobilidade da região, fomentar a prática esportiva, incentivar o cicloturismo e prestigiar o comércio local. 

O projeto foi enviado à Prefeitura por meio de uma indicação, ficando a critério do Executivo atender à solicitação ou não, já que é sua a prerrogativa de realizar obras no município. 

 

O QUE É MICROMOBILIDADE URBANA? 

A micromobilidade urbana é a adoção de meios de transporte que utilizem a força humana, sejam elétricos ou que, de alguma forma, não sejam poluentes, privilegiando veículos com menos de 500 kg, como bicicletas, patinetes, monociclos etc. Reinke argumenta que um estudo global aponta que cerca de 60% das viagens realizadas pelas pessoas do mundo todo têm uma distância de até 8 km. Nessa lógica, se a distancia da viagem é tão curta, as pessoas poderiam optar por transporte que gere menos impactos para a natureza e que não crie um problema de engarrafamento no trânsito da cidade. 

O projeto piloto que foi apresentado pelo vereador abrange um trecho de 10 km que inicia na Rua Wilhelm Krueger no bairro Jaraguá 84, vai até uma ponte para pedestres e ciclistas que liga as ruas Ângelo Rubini e João Januário Ayroso, no bairro Barra do Rio Cerro, terminando na Rua Wolfgang Weege no próprio Jaraguá 84. Na prática, o que a Prefeitura deveria fazer seria realizar alguns reparos nas ciclovias existentes, criar novas, pavimentação de algumas vias, construção de novas pontes para pedestres e ciclistas, construção de calçadas e passeios, instalação de iluminação LED – para melhorar a visibilidade noturna – e instalar placas de sinalização. 

Reinke acredita que esse projeto também incentivaria os turismos gastronômico, religioso e cultural, além de estimular a prática de esporte e melhorar a saúde da população. Ele aponta que há outras duas regiões de Jaraguá do Sul em que é possível implementar um projeto piloto de micromobilidade:

  • Água Verde, Rau, Amizade, Czerniewicz e Centro:

 

  • Baependi, Vila Lalau, Centenário, Ilha da Figueira e Centro: