Vereadores aprovam recursos para obras em escolas municipais

Investimentos serão em reformas e ampliações

 

Escola Antônio Estanislau Ayroso

A Câmara de Vereadores aprovou em votação única nesta terça-feira (30), por unanimidade de votos (nove votos)*, o PL nº 199/2019, do Executivo, autorizando a abertura e reforço de crédito especial no orçamento da Secretaria Municipal de Educação, para promover a inclusão de dotação orçamentária no valor de R$ 130 mil que serão usados nas despesas com reformas na Escola Municipal de Educação Básica Antônio Estanislau Ayroso, no bairro Jaraguá 99.  Segundo a administração municipal, será feita a reforma da cobertura e impermeabilização da laje da escola. De forma conexa com o Projeto, também foi aprovado o PL n° 200/2019, acrescentando a ação ao Plano Plurianual 2018/2021.

Na tribuna, o vereador Eugênio José Juraszek (PP), reforçou a importância da manutenção na unidade escolar. “São vários projetos para reformas e ampliações em escolas. Isso é muito importante”, disse ele, que teve apoio do colega Jaime Negherbon (MDB).

Arlindo Rincos (PSD), afirmou estar preocupado com os remanejamentos orçamentários, citando as obras que já deveriam ter começado na Escola Adelino Francener, no Boa Vista. Celestino Klinkoski (PP), assegurou que há sinalização positiva da secretaria de educação para obras nesta unidade escolar.

 

Escola Max Schubert

A Câmara de Vereadores aprovou em votação única e por unanimidade de votos, o PL nº 201/2019, autorizando o Executivo a abrir crédito especial no orçamento da Secretaria Municipal de Educação, a fim de promover a inclusão de dotações orçamentárias no valor de R$ 3,6 milhões, para atender despesas com a ampliação e reformas na Escola Municipal de Educação Básica Max Schubert. Segundo explica a prefeitura na mensagem da matéria, os recursos serão utilizados na construção de biblioteca, salas na quadra e cobertura, fechamento lateral do pátio, reforma da cobertura e pavimentação interna na unidade.

Na tribuna, Pedro Garcia reforçou que a escola apresenta uma grande necessidade de ampliação e reformas. Ronaldo Magal que, na sessão do dia 23 deste mês, cobrou investimentos para a escola, agradeceu o retorno por parte da administração.

Arlindo Rincos lembrou que os recursos estão vindo do Governo Federal, através do Fundeb, diretamente para a educação e uma porcentagem é voltada ao pagamento dos servidores. “Existe dinheiro para melhorar os salários dos professores”, disse ele.

Marcelindo Carlos Gruner (PTB), lembrou que investir em educação, não se resume apenas a salários. Envolve também estrutura de trabalho. “Foi feita gestão e está sobrando para investir em estrutura”, informou.

Jackson José de Avila (MDB), parabenizou o secretário pelo investimento, mas concordou com o colega Arlindo Rincos quanto à valorização do servidor público.

 

Escola Anna Töwe Nagel

Os vereadores aprovaram em votação única o PL nº 202/2019, do Executivo, que autoriza a abertura de crédito adicional suplementar no orçamento da Secretaria Municipal de Educação, no valor de R$ 760 mil, para atender despesas com a contenção de encosta na Escola Anna Töwe Nagel, no bairro Água Verde. Segundo a prefeitura os recursos serão usados para o pagamento do enrocamento que busca combater a erosão causada pelo ribeirão que está afetando a estrutura da unidade escolar.