Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Vereadores querem brinquedos adaptados em parques do município

COMPARTILHE

Foto: brinquedo adaptado no município de Pelotas-RS/Projeto Alpapato

Nesta quinta-feira (21), a Câmara Municipal aprovou uma indicação do vereador Jonathan Reinke (Podemos) pedindo ao Executivo Municipal a instalação de mais brinquedos adaptados na área de lazer do Parque Linear Via Verde, no bairro Ilha da Figueira. Segundo o parlamentar, esse é um pedido da comunidade e da Apae e que pode ser estendido para os demais parques e áreas de lazer do município.

Como em outros momentos da legislatura, Reinke voltou a defender a necessidade de incluir as pessoas com deficiência na sociedade e lembrou que antigamente as crianças com deficiência costumavam ser trancadas em casa por conta do preconceito. “Evoluímos, temos que incluí-las na sociedade, temos que ter direitos iguais, temos que ter brinquedos para os não deficientes e também para os deficientes”, argumentou.

A vereadora Nina Santin Camello (Progressistas) afirmou que também fez uma indicação semelhante pedindo brinquedos adaptados no Parque da Inovação, no bairro Três Rios do Sul. Ela entende que a garantia de espaços e brinquedos adaptados às limitações das crianças com deficiência deve ser priorizada pelo Poder Público como forma de proporcionar a todos os cidadãos momentos de lazer e convivência.

Nina lembra que a lei federal n°10.098/2000 prevê o planejamento e urbanização dos parques e espaços públicos de forma acessível para todas as pessoas, especialmente para aquelas com deficiência, além de estabelecer que, no mínimo, 5% dos equipamentos devem ser adaptados e identificados como tal. Em Jaraguá do Sul também tem legislação sobre o assunto, a lei nº 7.342/2017, que determina que nos parques e praças municipais a serem restruturados ou criados serão instalados, obrigatoriamente, um brinquedo acessível para crianças com deficiência.

A parlamentar lembra que já há um brinquedo adaptado no Parque Via Verde, porém é preciso identificá-lo melhor, pois muitas pessoas sem deficiência acabam utilizando-o e até mesmo quebrando o equipamento.

A indicação do vereador Reinke foi aprovada por unanimidade e enviada ao Executivo para análise. A indicação da vereadora Nina ainda entrará na pauta de votações do Legislativo jaraguaense para apreciação dos parlamentares.

 

Confira a sessão:

Sessão ordinária - 21/10/2021