Vereadores voltam a cobrar plano diretor

Na sessão desta quinta-feira (24), os vereadores de Jaraguá do Sul voltaram a discutir a regulamentação do plano diretor do município. O assunto foi iniciado pelo vereador Ademar Winter (PSDB) que relatou a situação de um morador do Garibaldi que quer abrir uma empresa de costura, uma pequena facção, mas não conseguiu aval na consulta de viabilidade feita na Prefeitura de Jaraguá do Sul. A alegação é de que, baseado no atual plano diretor e no macrozoneamento municipal, a facção não contempla as atividades típicas da área rural e não há regulamentação para instalação de indústrias nesses locais.

Winter advertiu que o empreendedor já iniciou a construção do prédio da empresa e garantiu que vai buscar junto à Administração Municipal ações para permitir o inicio das atividades deste empreendimento. Ele lembra que o negócio vai gerar empregos na região.

O vereador Celestino Klinkoski (PP) lembrou que tudo pode ser resolvido pela regulamentação do plano diretor, cobrado por ele há muito tempo. Ele afirma que existem empresas que não são poluidoras e que poderiam se instalar no interior do município sem grandes prejuízos para o meio ambiente. Sem essa atualização do plano diretor, os entraves burocráticos impedem que a cidade cresça, ressalta o parlamentar.

 

Link da sessão: https://youtu.be/EKxGI8FEQxg?t=452