Minirreforma Administrativa da Câmara vai economizar quase R$ 1 milhão em quatro anos

O plenário da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul aprovou, nesta segunda-feira (30), o Projeto de Lei Ordinária 11/2017 que estabelece uma minirreforma administrativa no órgão. Este PL reformulará a estrutura da Casa de Leis.

O projeto diminui o número de diretorias da Casa, transformando três delas em gerência. Com isso, as Diretorias de Comunicação e Administrativa passam a ser gerências; e a Diretoria de Suporte Legislativo foi extinta, essa função agora ser exercida por uma Função Gratificada de Gerência de Atos Legislativos, desempenhada por um funcionário efetivo do órgão. Dessa forma, os salários, que antes eram de R$ 8.616, 87, passam para 6.775,88. O PL 11/2017 também transforma duas gerências em chefias e o Diretor Jurídico em Procurador-Chefe Legislativo. Nos demais cargos não houve alteração.

Com a minirreforma, o Legislativo poderá fazer uma economia de até R$ 239 mil por ano, o que representaria, após quatro anos de mandato, uma economia de 956 mil reais, “que poderão ser usados pelo Executivo para outras necessidades dos munícipes”, reforça Garcia.