no comments

Câmara restitui diplomas de prefeito e vereadores da primeira legislatura

A Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul promoverá a devolução dos mandatos do prefeito e dos vereadores que compuseram a primeira legislatura. O ato simbólico em defesa da democracia marcará a sessão solene em comemoração à emancipação político-administrativa do município, a ser promovida nesta quinta-feira, 7, no Pequeno Teatro da Scar (Sociedade Cultura Artística).

A iniciativa da solenidade atende à lei municipal 5526, de 2010, pela qual a Câmara instituiu a homenagem como forma de valorização da data em que o então distrito Jaraguá desvinculou-se de Joinville. O dia 26 de março marca a criação da lei do município, enquanto a instalação do mesmo ocorreu em 8 de abril de 1934.

O processo eleitoral ocorreu em 1936, elegendo como prefeito Leopoldo Augusto Gerent. Já os vereadores eleitos foram Emmanuel Ehlers, Waldemar Grubba, Ricardo Grunwaldt, Emílio da Silva, Carlos Guenther Júnior, Francisco Mees e Arthur Müller. No entanto, com o golpe de 1937 e a consequente instauração do regime autoritário, os direitos políticos dos representantes eleitos da população foram suspensos.

Neste sentido, a referida homenagem pretende contribuir para o resgate da história regional e reparar os equívocos do passado. Busca, ainda, homenagear os representantes do povo, reforçando os princípios da soberania popular e demonstrando a vocação democrática da Câmara Municipal para que os erros do passado não se renovem, consolidando a democracia brasileira.

 

Sobre o resgate histórico

A realização da referida homenagem decorre de estudos e discussões promovidos em uma mesa redonda sobre o Integralismo*, ocorrida nos anos de 2014 e 2015, no Museu Emílio da Silv  a, cujo patrono compunha a primeira legislatura da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul.

Sob a coordenação do historiador Ademir Pfiffer, a mesa redonda contou com a participação do pós-graduado em Direito da Propriedade Intelectual, publicitário e autor de diversos artigos sobre a história da polícia nacional, Guilherme Jorge Figueira. Ele desenvolveu pesquisas com análises sobre a trajetória da Acção Integralista Brasileira – AIB (1932-1945) e do Partido de Representação Popular – PRP (1945-1965).

 

* Integralismo

hist pol movimento político de extrema-direita, denominado Ação Integralista Brasileira, de inspiração fascista, fundado em 1932 e extinto em 1937, que foi revivido em 1945 sob a sigla do Partido de Representação Popular – PRP.

 

 

Sobre o evento

A sessão solene acontecerá no Pequeno Teatro da Scar a partir das 19 horas, após a sessão ordinária, às 18 h. O espaço tem capacidade para 230 pessoas, com reservas de assentos para os familiares dos homenageados e autoridades convidadas. No cerimonial, o repertório musical ficará a cargo da Escola de Música Jazz Band Elite, de Corupá. Após a solenidade, será servido um coquetel para os convidados no Pianos Bar, também localizado no Centro Cultural.

 

Sobre a banda

O convite para abrilhantar a solenidade pretende servir também como reconhecimento à Escola de Música Jazz Band Elite, que completa este ano 25 anos de fundação. A banda foi constituída e está sediada em Corupá, cujo município, antes da emancipação, pertencia a Jaraguá do Sul, na condição de distrito.

Criada através da Lei Municipal 758, em 29 de maio de 1991, a Escola, em sua denominação, presta homenagem à antiga Jazz Band Elite, iniciada em 1901 pela família Linzmeyer. A banda ficou conhecida por suas performances em diversos estados brasileiros até seu encerramento, na década de 60, com o surgimento da Bossa Nova, que rejeitava a música tradicional.

Com a criação da Escola de Música, constituiu-se novamente a banda musical, composta com 40 alunos em sua primeira audição, ocorrida em dezembro de 1991, regida pelo maestro José Sluminski. Entre as diversas apresentações, destaca-se o Encontro Internacional de Bandas, na cidade de Melipilla, no Chile, no ano de 2002.

A partir de 2003, o professor e integrante Lauro Wendorf assumiu a regência da banda, que participa ativamente de programações culturais dos mais diversos gêneros, buscando elevar a cultura musical através de apresentações nas comunidades, escolas, festas, desfiles em toda a região, no Estado e fora dele.

 

Serviço

O quê: sessão solene emancipação

Quando: 7 abril, às 19 horas

Onde: Pequeno Teatro Scar