no comments

Sessão solene ao Dia da Mulher passa a integrar calendário oficial da Câmara

O Dia Internacional da Mulher, comemorado anualmente no dia 8 de março, passa a integrar o calendário oficial do Poder Legislativo Municipal, por meio de uma sessão solene a ser promovida todos os anos na semana da data. O projeto de lei que institui a solenidade foi aprovado de forma unânime na sessão desta quinta-feira, 25.

A proposta estabelece as regras para a realização do evento e prevê a indicação de uma mulher por vereador (a). Conforme o artigo segundo, na sessão solene “serão homenageadas mulheres que prestaram ou prestam relevantes serviços em benefício da comunidade”, bem como aquelas que exercem funções profissionais e se destacam no desenvolvimento do município, seja no meio urbano ou rural”.

Para a autora Natália Petry, é importante fixar a data no calendário, para garantir este reconhecimento as mulheres de forma permanente, independente de vontades políticas e das legislaturas.

A vereadora lembrou sobre os motivos que levaram a criação do Dia Internacional, que remete a um momento histórico de lutas das mulheres. “Mulheres que não queriam nada mais do que reivindicar melhores condições de vida, respeito, dignidade, igualdade social, de direitos. E esta luta é até hoje. Não pensemos que estamos num momento de igualdade porque não é verdade”, refletiu a única parlamentar mulher da legislatura.

O projeto, que ainda passa por segunda votação plenária, também recebe a assinatura dos vereadores Amarildo Sarti, Ademar Winter, Eugênio Juraszek e Pedro Garcia.