no comments

Vereadora repudia assassinato de mulher grávida em Jaraguá do Sul

A vereadora Célia Chrast (PP), na sessão ordinária desta terça-feira (07), deixou sua mensagem de repúdio ao feminicídio ocorrido em Jaraguá do Sul no último final de semana. Célia lamentou que a morte da jovem de 28 anos, Andreia Campos de Araújo, grávida de três meses, seja mais uma expressão da violência contra as mulheres.

A parlamentar prestou condolências à família da vítima e afirmou que, como representante feminina na Câmara de Vereadores, não poderia deixar que esse fato passasse em branco. Ela ainda fez um apelo para que mulheres que sofram agressões e abusos não tenham medo de denunciar os casos à polícia. Célia lembra que atualmente há no Brasil vários órgãos empenhados no combate a esse tipo de violência, em especial a Delegacia da Mulher.

O vereador Pedro Garcia (MDB) lamentou o fato de esse feminicídio ter ocorrido justamente na semana em que a Lei Maria da Penha completa 12 anos. Ele ainda afirmou que, infelizmente, casos de violência contra as mulheres são recorrentes no país e que por isso é preciso que as autoridades façam algo a mais para tentar acabar de vez com essa cultura.