no comments

JUSTINO CRITICA FALTA DE ÉTICA NO JORNALISMO

Preocupado com comentários publicados na imprensa sobre a Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Schützenfest, o vereador Justino Pereira da Luz (PT) criticou, na sessão da última quinta-feira (11), os ataques feitos por alguns comentaristas à Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul. “Eles conseguem bater na Câmara e nem sequer escutam o outro lado”, lamentou Justino, lembrando aquela regrinha básica do jornalismo de sempre ouvir o outro lado.
O vereador pediu respeito para com o Poder Legislativo e aos seus colegas, cada um com uma trajetória de vida que o credenciou para ocupar o cargo. Afinal, os vereadores foram eleitos pelo povo e são representantes da sociedade jaraguaense.
Segundo Justino, a maioria dos ataques se refere à CEI da Schützenfest, que ele na condição de relator da mesma garante que vai produzir resultados concretos. “A CEI não vai virar pizza grande e nem pequena”, voltou a destacar, respaldado pelos colegas.
E a respeito do comportamento de alguns setores da imprensa, o vereador citou que no ano passado a Câmara aprovou uma moção em apoio à causa da regulamentação do diploma na profissão jornalística, em que o vereador Jean Leutprecht (PC do B) leu o Código de Ética Jornalística. “A minha vontade era de levar essa moção para esse cidadão e entregar em mãos para que ele pudesse ler e ver o que é liberdade de expressão”, explicou o vereador. Para ele, essa é uma reclamação feita não só em nome dele, mas de todos os vereadores.