no comments

Vereador justifica indicação para o bairro Czerniewcz

IMG_5014 (Copy)Os vereadores Jair Pedri e Jeferson de Oliveira utilizaram a tribuna durante a sessão dessa terça-feira (23/06) para defender a indicação Nº 256/2015 que pede que o Executivo municipal, através da secretaria competente, implante sinalização vertical, de embarque e desembarque, carga e descarga na Rua 13 de maio no bairro Czerniewcz.

Jair Pedri, autor da indicação, conta que recebeu visitas de comerciantes e empresários que se queixam da ciclofaixa da Rua 13 de maio por conta da dificuldade de embarque e desembarque e carga e descarga no local. Ele comenta a dificuldade em ter os pleitos atendidos pelas secretarias responsáveis. “Fazemos indicações e grande parte delas fica sem atendimento, mas me sinto na obrigação de atender esse pleito porque irá ajudar a população daquela região”, declara.

O parlamentar solicitou que o líder de governo na Câmara, Pedro Garcia, leve o assunto até o prefeito para que ele se sensibilize com a situação. “Que possam pelo menos colocar uma placa vertical de embarque e desembarque”. Garcia acredita que a indicação tem consistência e a considera importante. “Vou reforçar o seu pedido para que seja atendido”, garantiu.

O vereador Jeferson de Oliveira afirma que as mudanças feitas na Rua 13 Maio aconteceram sem diálogo com os moradores, empresários e comerciantes da região. Segundo ele, pessoas ligadas a administração afirmado que ali não era lugar de uma empresa e até do Centro Educacional Dente de Leite. “A escola está ali há 20 anos, mas é ela quem está no lugar errado”, lamenta.

Segundo ele, os estabelecimentos do outro lado da rua já possuem estacionamentos de acordo com a lei atual porque são mais novos. No lado que conta com a faixa de ciclistas, estão as empresas que possuem mais tempo de atividade e foram construídas quando não havia regulamentação quanto ao espaçamento dos estacionamentos. “Não seria mais fácil mudar a ciclovia de lado?”, questiona.

Eugênio Juraszek acredita que é preciso estudo e cuidado para que ninguém saia perdendo. Segundo ele, vários pais entraram em contato pedindo que a faixa não seja alterada de lugar, pois poderia representar um risco para as crianças que teriam que atravessar a via para chegarem à escola.