Em Sessão Extraordinária, vereadores aprovam sistema de votação online

A Câmara de Vereadores realizou na tarde desta terça-feira (07), a primeira sessão remota de sua história. Antes disso, no dia 02 de abril, uma sessão nestes moldes chegou a acontecer, mas esta acabou sendo invalidada por decisão judicial que entendeu a necessidade de votação separada para a resolução que convalida as sessões remotas, o que ocorreu nesta terça-feira. 

Em atenção ao Decreto do Governo do Estado que suspendeu ainda no mês de março a realização de reuniões presenciais em função da necessidade de afastamento social, o Poder Legislativo jaraguaense adaptou sua forma de trabalho, com base no Projeto de Resolução nº  01/2020, da Mesa Diretora, que convalida o Sistema de Deliberação Digital, instrumento excepcional e temporário destinado a viabilizar o funcionamento da Câmara durante a emergência de saúde pública de importância internacional relacionada ao Coronavírus (covid-19), instituído pelo decreto nº 06/2020.

Segundo o presidente Dico Moser, esta foi a forma encontrada para que a Câmara de Vereadores fizesse sua parte, mantendo as votações de projetos importantes para a sociedade, mesmo em um momento de restrições impostas pela propagação do novo Coronavírus (Covid-19). “Temos que cumprir o Decreto do estado, mas também não podemos deixar de lado nosso compromisso de legislar”.

Através dos trabalhos de pesquisa e configuração de sistemas, realizados pelo setor de TI da Câmara, a sessão extra seguiu seu rito normal. Para isso foi utilizado o aplicativo Microsoft TEAMS, formando uma videoconferência com a participação dos parlamentares e pessoas ligadas à sessão, em um ambiente totalmente virtual. A equipe da TV Câmara, gravou a videoconferência para disponibilização do material nos meios oficias de comunicação da Câmara. Já a sessão extraordinária convocada para esta quarta-feira (08), às 18h, terá transmissão ao vivo pelo facebook e na sequência disponibilizada no Youtube.