Secretaria de Saúde presta contas do 1° quadrimestre

Uma equipe da Secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul, capitaneada pelo secretário Alceu Moretti, apresentou aos vereadores os números da pasta no primeiro quadrimestre de 2020. Moretti mostrou que, por conta da crise causada pela Covid-19, em muitas ações houve a diminuição de atendimentos como, por exemplo, nas consultas da Atenção Básica que caíram de 35,9 mil em 2019 para 33,5 mil em 2020 e no Atendimento de Urgência, que foi de 8,1 mil em 2019, mas que chegou somente a 5,7 mil em 2020.

O afastamento de profissionais também ajuda a explicar a diminuição das atividades na Saúde. Cerca de 30 profissionais com mais de 60 anos foram afastados por determinação de decreto do Governo do Estado que tira pessoas do grupo de risco dos trabalhos de contato com a população.

FILAS

A situação causada pela Covid-19 também interrompeu o trabalho de diminuição das filas nas unidades de saúde. Na odontologia, explica Moretti, a mudança no atendimento estava reduzindo o número de pessoas na espera. O sistema de agendamento foi trocado por um sistema de fluxo, que atende a população conforme ordem de chegada às unidades. O secretário afirmou que, no sistema de agendamento, mais de 20% das pessoas não compareciam às consultas e acabavam prejudicando o resto dos pacientes. Todavia, os atendimentos na odontologia foram paralisados pelo decreto do Governo Estadual em função do coronavírus.

Situação semelhante aconteceu com os mutirões que seriam promovidos pela pasta. A expectativa era zerar as filas para consultas e exames em todas as atividades da Saúde. Porém tudo foi suspenso por conta da Covid.

O secretário afirmou que, quando a situação voltar ao normal, essa demanda represada vai chegar à rede pública de saúde e poderá haver problemas. Os hospitais também podem passar por dificuldades no caixa e precisarão de ajuda financeira para tocar as atividades. Moretti assegura que a Prefeitura jaraguaense tem recursos preparados para enfrentar essa nova fase da crise.

O boletim da Administração Municipal acusou 109 casos confirmados de Covid-19 em Jaraguá do Sul até esta quinta-feira (28); com 64 recuperados, 40 em isolamento, 3 pessoas na UTI e 2 óbitos confirmados.

Moretti afirma que 2 mil testes rápidos de Covid-19 foram adquiridos pelo Executivo e que em breve devem estar à disposição, mas diz que o município continuará com o protocolo recomendado pelo Ministério da Saúde, que indica que apenas as pessoas com sintomas sejam testadas. Ele finaliza advertindo a população sobre a necessidade de manter os hábitos de prevenção: lavar as mãos, usar máscaras e respeitar o distanciamento. “Para que não faltem leitos de UTI nos hospitais”.

 

Link para a audiência: https://youtu.be/HHm3xIS8ILA